Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 18 de janeiro de 2020
SADER_FULL
Busca
BANNER BET
Brasil

Governo deixa de fiscalizar exigência do Bolsa-Família

6 Jul 2004 - 07h25
Durante todo o primeiro semestre deste ano, o governo Lula deixou de fiscalizar a freqüência em sala de aula dos alunos que são beneficiados pelo Bolsa-Família, programa unificado de transferência de renda que foi lançado em outubro de 2003.

A verificação da contrapartida do Bolsa-Escola, um dos programas que deram origem ao Bolsa-Família, vinha sendo realizada a cada três meses desde 2002, o último ano do governo FHC.

Acompanhar a saúde das crianças beneficiadas e a freqüência dos estudantes está entre as contrapartidas que foram "herdadas" das bolsas Alimentação e Escola, incluídas na unificação.

Já a fiscalização da saúde e do estado nutricional das famílias continua a ser realizada.

De acordo com o secretário nacional de Renda de Cidadania, André Teixeira, o sistema usado para verificar a permanência no ensino fundamental está sendo reformulado. Será descentralizado para que Estados e municípios fiquem responsáveis por ele.

Folha de S.Paulo

Deixe seu Comentário

Leia Também

CANCELAMENTO DE BOLSA FAMILIA EM 2019
Governo federal cancelou 1,3 milhão de benefícios do Bolsa Família em 2019 por irregularidades
CELULAR
Brasil é o 3º país em que pessoas passam mais tempo em aplicativos
A CASA CAIU
Mulher acha que marido morreu, busca detetive e descobre traição: 'Agora é ex'
LUTO - IASD
Morre primeiro líder máster de desbravadores investido no Brasil
OVNI OU SATÉLITE?
Objetos não identificados no céu chamam a atenção de moradores
SANGUE FRIO
Homem mata desafeto e continua vendendo picolé nas ruas da cidade
PERIGO DA NARGUILÉ
Jovem contrai doença após fumar narguilé e alerta: 'Abandonem essa porcaria'
100 CULTURA
Escola joga pela janela livros que recebeu como doação
EMPREGADO
Jovem que salvou criança de ataque de pitbull consegue emprego
DINHEIRO NA PRAÇA
Começa hoje o pagamento de abono salarial do PIS-Pasep