Menu
SADER_FULL
sábado, 23 de junho de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Governo beneficia população do Estado com 20 programas

16 Jul 2004 - 16h31
O governo estadual, através da Secretaria de Estado de Trabalho, Assistência Social e Economia Solidária (Setass), nesses cinco anos e meio da administração de Zeca do PT, vem desenvolvendo programas que estão promovendo melhorias na vida dos sul mato-grossenses.

O Programa de Inclusão Social atende 80 mil famílias (320 mil pessoas) com os subprogramas Segurança Alimentar e Bolsa-Escola. Os governos federal e estadual estão implantando o Bolsa Família, que vai atender mais de cinco mil famílias.

A Assistência Social vem desenvolvendo programas que beneficiam mais de 120 mil pessoas em todo o Estado, dentre eles, o Serviço de Ação Continuada (SAC), que atende 59 mil pessoas no setores de atendimento infantil e ao adolescente, abrigos, atenção à pessoa portadora de deficiência, à pessoa idosa, apoio psicossocial ao usuário de substâncias psicoativas e apoio às pessoas vivendo com Aids; o projeto Crescendo em Família, que atende 5,2 mil famílias; o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), que beneficia 26.470 crianças e adolescentes; o Programa de Atenção Integral à Família (Paif), que prevê atender 10.500 famílias; o programa Agente Jovem, que desenvolve trabalhos com 2,4 mil jovens; e as unidades de atendimento às crianças, adolescentes e portadores de deficiência, administradas diretamente pela Setass, que somam 3,7 mil pessoas.

Na área do trabalho, a Setass desenvolve o Programa Bolsa Universitária para 1.027 estudantes. A Agência Banco do Povo concedeu mais de cinco mil créditos desde 1999 e a Agência Pública de Emprego empregou aproximadamente 115 mil trabalhadores em cinco anos. Em 1998 estavam inscritos 29 mil candidatos à procura de trabalho e em 2000 já eram 70 mil inscritos, passando de nove mil para 25 mil o número de pessoas incluídas no mercado de trabalho por meio das agências públicas de emprego.

Com relação aos programas desenvolvidos na área da cidadania, 600 adolescentes estão em cumprimento de medidas Socioeducativas de liberdade assistida, semiliberdade e internação. Eles são atendidos com o ensino regular, atividades ocupacionais, esportivas e de arte-educação, além da assistência à saúde.

A Superintendência de Cidadania da Setass presta serviços de apoio social a 250 famílias quilombolas e a 300 famílias indígenas, por meio de cursos de geração de renda, atendimento a saúde e articulação para participação em eventos. Estão vinculados à Superintendência das Políticas de Defesa da Cidadania 11 conselhos estaduais de direito que apóiam entidades e a população nos 77 municípios do Estado.

Há ainda na Setass o Núcleo Regional de Informação (disk-idoso e pessoa portadora de deficiência e Internet), que recebe 100 denúncias por mês, e a rede de atendimento aos usuários de substâncias psicoativas, que atende em média 350 pessoas ao mês. O Procon (Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor) atende, diariamente, de 50 a 70 pessoas.
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

HAJA CORAÇÃO
Neymar é o autor do gol mais tardio, em tempo normal, de uma Copa na história
COPA DO MUNDO
No sufoco, Brasil supera a Costa Rica e consegue primeira vitória na Copa do Mundo
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Rosa coloca fim em relação com Ícaro e ele toma atitude
SAUDE
Mulher dá a luz em calçada no Cajuru
FAMOSIDADES
Ex-apresentadora do ‘Vídeo show’, Alinne Prado sofre assalto a mão armada dentro de casa
RELIGIÃO
Padre é flagrado dando tapa em criança durante batismo
APOCALIPSE
André (Sidney Sampaio) é assassinado por Ricardo (Sérgio Marone)
DEMORA
Diesel cai R$ 0,62 em distribuidoras e apenas R$ 0,32 nos postos de MS
Brasil
Terceiro homem que assediou russa na Copa diz que “estão transformando um copo d’água em uma tempestade”
‘Alta Pressão’
Exército deflagra Operação para fiscalizar armamento e reduzir desvios para o comércio ilegal