Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 25 de agosto de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Governo acredita no sucesso das votações de setembro

27 Ago 2004 - 17h05
O segundo esforço concentrado da Câmara durante o período pré-eleitoral acabou prejudicado pela obstrução promovida pela Oposição. Os impasses foram provocados pelo projeto que cria o Conselho Federal de Jornalismo (PL 3985/04) e pela medida provisória que concede status de ministro ao presidente do Banco Central (MP 207/04). Apesar das tentativas de acordo promovidas pelo presidente João Paulo Cunha, os deputados conseguiram votar apenas uma medida provisória — a MP 191/04, que inclui os cientistas e pesquisadores entre os beneficiários de isenções de impostos na importação de máquinas, equipamentos, aparelhos e instrumentos destinados à pesquisa.
O líder do Governo, professor Luizinho (PT-SP), e o ministro da Coordenação Política e Assuntos Institucionais, Aldo Rebelo, acreditam que no próximo esforço concentrado, previsto para acontecer entre 13 e 17 de setembro, a Câmara terá condições mais tranqüilas para as votações.
Uma das razões para a perspectiva de trégua com a Oposição é a possível mudança no texto da medida provisória que eleva o status do presidente do Banco Central a Ministro de Estado. A alteração, defendida por João Paulo, é a retirada do texto do status de ministro mas a manutenção do foro privilegiado para o presidente do Banco Central - o que significa que ele só poderá ser processado e julgado pelo Supremo Tribunal Federal.

Pauta de votações
Entre as matérias adiadas para setembro estão a nova Lei de Falências (PL 4376/93), o projeto das agências reguladoras
(PL 3337/04) e o projeto que cria o programa Universidade para Todos (PL 3582/04).
Também serão incluídos na pauta cinco acordos internacionais assinados pelo governo brasileiro e duas medidas provisórias que já estão trancando a pauta de votações. A MP 192/04 remete a uma portaria ministerial a determinação dos prazos de pagamento dos títulos da dívida agrária (TDA) no caso de aquisição de terras produtivas para reforma agrária. A MP 193/04 autoriza a União a prestar auxílio financeiro aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios, com o objetivo de fomentar as exportações do País.

 

Agência Câmara


Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção