Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 19 de junho de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
GLÓRIA DE DOURADOS

Glória espera superar 2ª etapa contra poliomielite em duas semanas

17 Ago 2010 - 14h18Por Demerval Nogueira / Fátima News

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) abriu no último sábado, o chamado dia “D”, da 2ª Campanha Nacional de Vacinação Anti-Pólio, com dois postos de atendimento à população gloriadouradense. Um posto de vacinação na Unidade Básica de Saúde Central (UBSC), neste local comandou os trabalhos de vacinação a coordenadora da campanha no município, enfermeira Daiany Cristina Cardoso, o outro posto no Programa Saúde da Família (PSF), localizado na Vila Industrial, nascente, com os trabalhos realizados pela enfermeira Edmara Honório dos Santos e sua equipe.

No município de Glória de Dourados, conforme determinação do Ministério da Saúde (MS), a meta nesta 2ª etapa é de, 116 crianças de 0 a 1 ano. Na outra faixa etária, crianças de 1 a 4 anos, para esta faixa a meta prevista de vacinação é de 517. A coordenadora municipal da campanha nacional contra a poliomielite, enfermeira Daiany Cristina argumenta, “a nossa 1ª meta, crianças de 0 a 1 ano de idade foi cumprida em 100%, inclusive até mesmo superando a meta prevista pelo Ministério da Saúde. Quanto a nossa 2ª meta, isto para as crianças na faixa etária que demanda de 1 a 4 anos, até o momento atingimos 80%”, diz Cristina.

O Ministério da Saúde colocou em ação nesta 2ª etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, que teve o seu dia “D” no último sábado, com 115 mil postos de vacinação em todo o país, e o slogan “Não Vai Esquecer a Segunda Dose, Hein?” A meta do Ministério competente é imunizar aproximadamente cerca 14 milhões de crianças abaixo de 5 anos, o que representa 95% das crianças brasileiras abaixo de 5 anos e, para tal evidência foram disponibilizados cerca de 24 milhões de doses da vacina. Daiany destaca também, “com referência a 2ª meta, caso de crianças de 1 a 4 anos, com certeza vamos atingir a meta exigida pelas autoridades competentes do setor, ou seja, atingiremos os 100%, com relativa facilidade no decorrer das duas próximas semanas”.

A vacina oral contra a Poliomielite (VOP) é a vacina de escolha no Brasil, com base em considerações sobre riscos e benefícios. A enfermeira-chefe do PSF da Vila Industrial, Edmara Santos dimensiona que a vacina VOP, “induz imunidade intestinal, é mais simples de administrar, é bem aceita pelos pacientes, resulta em imunização dos contatos das pessoas vacinadas e, ainda viabilizou a eliminação da doença causada pelos poliovírus selvagem nas Américas”, constata.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento
ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados