Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Gil dá vitória ao Corinthians contra o Cruzeiro

29 Jul 2004 - 08h29
Depois de cinco jogos sem marcar, o ataque corintiano voltou a balançar as redes do adversário e tranqüilizou o técnico Tite. O atacante Gil marcou o único gol do time na vitória por 1 a 0 sobre o Cruzeiro, atual campeão nacional, nesta quarta-feira à noite, no Pacaembu, pondo fim à série de três rodadas sem vencer.

Gil, aliás, tinha sido o último atacante a fazer um gol pelo Corinthians neste Nacional, na vitória por 2 a 1 sobre o Coritiba, no dia 7 de julho, em Curitiba.

Ele também acabou com a falta de gols da equipe, que não marcava havia dois jogos (empatou sem gols com o Inter em casa e perdeu por 2 a 0 para o Fluminense, no Maracanã).

Agora, com 24 pontos (seis vitórias, seis empates e sete derrotas), o time do Parque São Jorge se afastou ainda mais da zona de rebaixamento, mas permanece na metade de baixo da tabela de classificação.

A equipe mineira, dirigida por Emerson Leão, acumulou a terceira derrota seguida --perdeu também para Vasco (3 a 2) e São Caetano (1 a 0)-- e está com 27 pontos. O treinador corre o risco até mesmo de ser demitido após mais esse tropeço.

Apesar da vitória, o Corinthians ainda continua sem vencer uma partida neste torneio por mais de um gol de diferença. O ataque coritiano só fez 18 gols.

Nesta quarta, as duas equipes entraram em campo sem seus artilheiros no Brasileiro. No Corinthians, o volante e lateral-direito Rogério, que deixou o time após briga na Justiça, tinha seis gols. No Cruzeiro, Dudu, que tinha oito, foi para o Shenan Ilwya, da Coréia do Sul.

O jogo

Mesmo com o volante Wendel jogando improvisado na defesa no lugar de Valdson, expulso contra o Fluminense, o Corinthians não teve muitos problemas com os atacantes mineiros. A maior preocupação mesmo continuava sendo o ataque, formado por Marcelo Ramos e Gil.

Aos 5min, o lateral corintiano Zé Carlos cruzou errado e quase surpreendeu o goleiro Artur.

Bem postado, com três zagueiros --além de Wendel, Tite colocou Anderson e Betão--, o Corinthians se safou bem das investidas cruzeirenses. Aos 23min, Jussiê arrancou pela direita e bateu forte, mas a bola passou por cima do gol de Fábio Costa.

O lance de maior perigo para o time da casa aconteceu aos 30min, quando Martinez matou a bola no peito dentro da área e chutou cruzado pela esquerda, exigindo boa defesa do goleiro corintiano, que espalmou para longe.

A resposta do Corinthians veio um minuto depois, num cruzamento da esquerda de Gil que Fabinho chutou prensado para a defesa de Artur.

Gil ainda perdeu a melhor chance do Corinthians no primeiro tempo. Aos 35min, ele recebeu lançamento de Fábio Baiano pela direita, avançou sozinho e, na entrada da área, tentou encobrir o goleiro, mas a bola saiu à esquerda do gol, passando rente à trave.

No segundo tempo, Tite tirou Zé Carlos e Edson para a entrada de Fininho e Alessandro, respectivamente, e a equipe melhorou.

Aos 26min, depois de tanto insistir, o Corinthians chegou ao gol. Alessandro bateu da direita dentro da área, Artur espalmou e, na sobra, Gil empurrou para o gol vazio. "É um resultado importante para dar tranqüilidade. Tentamos de tudo que é jeito o gol e no rebote fui feliz", disse Gil, após o jogo.

O Cruzeiro ainda tentou o empate com bolas alçadas à área, mas a defesa corintiana tirou de cabeça, garantindo o resultado positivo.

O Corinthians volta a jogar no próximo domingo, quando receberá o São Caetano, no estádio do Pacaembu. O Cruzeiro joga no sábado contra o Fluminense, no Maracanã.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos