Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 23 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Geraldo Resende quer municípios de MS incluídos no Samu

15 Out 2004 - 14h29
 

O deputado federal Geraldo Resende (PPS- MS) apresentou Indicação ao Ministério da Saúde para que inclua no Serviço de Atendimento Médico de Urgência – SAMU, os municípios sul-mato-grossenses definidos como pólos de micro-regiões. 

Com isso, as cidades de Três Lagoas, Paranaíba, Dourados, Ponta Porã, Naviraí, Nova Andradina, Campo Grande, Aquidauana, Corumbá, Coxim e Guia Lopes da Laguna receberiam 32 ambulâncias do órgão federal. “Contemplando estas cidades, o Ministério da Saúde estaria cobrindo praticamente todo o Estado, além de premiar uma iniciativa pioneira e que tem apresentado bons resultados”, afirma.

A iniciativa a que se refere Resende foi a reorganização dos serviços assistenciais de Mato Grosso do Sul, em 2001, a partir do Plano Diretor de Regionalização da Saúde. 

“Quando estivemos à frente da Secretaria de Estado de Saúde, implantamos o Plano com o objetivo de que cada gestor ou prestador de serviço do Sistema Único de Saúde (SUS) tivesse clareza de seu papel assistencial para a população local e para a população de municípios que integram a Rede de Saúde de sua região”, explica. 

As cidades foram, assim, classificadas em Satélites (para atendimento à Atenção Básica), Sedes de Módulos Assistenciais, Pólos Micro-regionais e Pólos Regionais (que atendem a diferentes níveis de Média Complexidade). Já os atendimentos de Alta Complexidade têm por referência a capital, Campo Grande. 

No documento apresentado por Resende, em julho deste ano e que não obteve resposta até o momento, o parlamentar explica que o SAMU, muitas vezes, beneficia prefeituras que atenderão a toda uma região. “As sete ambulâncias entregues a Ribeirão Preto/SP, por exemplo, beneficiarão 25 cidades. Então, tendo por base esse mesmo critério, sugerimos que os 11 municípios que compõem as micro-regiões sul-mato-grossenses sejam contemplados pelo programa”, defende.

 

 

Assomasul

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho