Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 16 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Geraldo Resende pede mais ambulâncias para cidades de MS

7 Jul 2004 - 16h01

O deputado federal Geraldo Resende (PPS) apresentou indicação na Câmara Federal, solicitando novas ambulâncias para municípios sul-mato-grossenses. Na matéria, ele sugere que Campo Grande, Maracaju, São Gabriel do Oeste, Aquidauana, Corumbá, Coxim, Guia Lopes da Laguna, Jardim e Bela Vista, sejam contemplados com esse benefício.

Resende explica que os municípios apontados por ele são definidos, pelo PDR – Plano Diretor de Regionalização, como “módulos assistenciais” e por isso necessitam desse apoio através do Serviço de Atendimento Médico de Urgência – SAMU, programa do Ministério da Saúde que beneficia as prefeituras brasileiras.

“Temos recebido informações, inclusive através de jornais de circulação nacional, de que esse programa teve seu ritmo de entrega acelerado na última semana de Junho, já tendo beneficiado seis municípios”, salienta.

De acordo com essas notícias, São Paulo já recebeu 52 ambulâncias; Porto Alegre 16; Diadema, 5; Piracicaba, 5; Ribeirão Preto, 7; e Marília, 3. A distribuição é feita através do Departamento de Atenção Especial do Ministério da Saúde, que informa estar selecionando os beneficiados com base numa política traçada por um comitê composto por representantes do governo estadual e dos municípios.

Ainda segundo essas informações, o primeiro lote, de 252 ambulâncias, de um total de 1.480, atenderá 93 prefeituras. De acordo com o chefe do Departamento, em alguns casos, a prefeitura é escolhida pelas vizinhas para o atendimento a toda uma região. As ambulâncias entregues a Ribeirão Preto, por exemplo, beneficiarão 25 cidades.

“Pois é justamente tomando por norte este critério, justíssimo por sinal, que venho indicar que sejam beneficiadas com essas ambulâncias, os municípios que, na Rede Saúde de MS, possuem a atribuição de Módulos Assistenciais”, prevê Resende.

Segundo o parlamentar, contemplando estas cidades, o Ministério da Saúde estará cobrindo praticamente todo o Estado, “premiando uma iniciativa pioneira e que tem apresentado bons resultados, mas que depende, intrinsecamente, dos sistemas de regulação e de interligação de toda a Rede Saúde”.
 
 
Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat