Menu
SADER_FULL
quarta, 23 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
VICENTINA

Geraldo e Moka viabilizam R$ 400 mil para asfalto para Vicentina

1 Jul 2010 - 08h16Por Fátima News com assessoria

O trabalho em conjunto entre os deputados federais Geraldo Resende e Waldemir Moka (ambos do PMDB) continua trazendo resultados positivos para os municípios de Mato Grosso do Sul. Desta vez, os parlamentares conseguiram, de uma só vez, treze emendas de R$ 400 mil, totalizando R$ 5,2 milhões.

 

 

Os empenhos foram viabilizados junto ao Ministério da Integração Nacional para obras de pavimentação asfáltica e drenagem nas cidades de Aparecida do Taboado, Aral Moreira, Bodoquena, Coronel Sapucaia, Costa Rica, Guia Lopes da Laguna, Iguatemi, Jardim, Naviraí, Novo Horizonte do Sul, Pedro Gomes, Rio Brilhante e Vicentina.

 

 

“Fico feliz em conseguir, com o colega Waldemir, o empenho desses recursos que se referem a emendas individuais junto ao Orçamento Geral da União, que vão possibilitar a realização de obras importantes nos municípios impactados. Na verdade, são a materialização de reivindicações que recebemos de prefeitos, vereadores e lideranças em favor de suas comunidades”, afirma o deputado Geraldo Resende.

 

 

Para o deputado Waldemir Moka, autor das emendas individuais, a parceria com Geraldo Resende tem resultado em frutos positivos para Mato Grosso do Sul. “O Geraldo conseguiu o empenho de diversas emendas individuais dele, que também trabalhamos conjuntamente. Quem ganha com isso, é a população sul-mato-grossense”.

 

 

Outras cidades

 

 

No meio da semana, Geraldo Resende (PMDB) anunciou o empenho de R$ 5 milhões, junto ao Ministério da Integração Nacional, para execução de obras de infraestrutura (asfalto e drenagem) em outros nove municípios do Estado. Os recursos são relativos a emendas individuais apresentadas pelo parlamentar junto ao Orçamento-Geral da União de 2010.

 

 

Os municípios beneficiados pelas emendas individuais são Dourados (R$ 1 milhão), Ponta Porã (R$ 1 milhão), Aquidauauna (R$ 400 mil), Batayporã (R$ 400 mil), Bonito (R$ 400 mil), Deodápolis (R$ 400 mil), Itaporã (R$ 500 mil), Rio Brilhante (R$ 500 mil) e Rio Verde de Mato Grosso (R$ 400 mil).

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ANJO DA GUARDA
Amigo dá lar a mulher que viveu 40 anos internada no HC
MAMATA
General corta contratinho de R$ 30 milhões para manter jornalistas no exterior
PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel