Menu
SADER_FULL
RIO_DOURADOS
Busca
SUCURI_MEGA
Brasil

Gasolina pode ter reajuste se petróleo continuar em alta

6 Jul 2004 - 17h12

Os preços da gasolina e do óleo diesel vendidos pela Petrobras continuam defasados, mas só terão novo aumento se o preço internacional se estabilizar em um patamar mais alto do que o atual, disse o diretor de abastecimento da estatal, Paulo Roberto Costa.

Ele informou nesta terça-feira que a empresa reduziu neste mês o preço da nafta em 3,9%, do óleo combustível em 7%, e aumentou em 1,1% o querosene de aviação. Esses produtos são reajustados mensalmente por meio de uma fórmula acertada previamente com os clientes.

Em meados de junho, após um ano e meio sem aumento, a Petrobras elevou o preço da gasolina em 10,8% e do diesel em 10,6%.

"Com esse aumento, a gente recompôs os preços de antes de maio de 2003, quando teve redução de 10 por cento, mas ainda existe uma defasagem que hoje é absorvida pela empresa", disse Costa a jornalistas, após palestra para empresários.

 

Invertia

Deixe seu Comentário

Leia Também

BBB 18 - Vencedora
Veja a casa de Gleici, do'BBB 18': Sister teve o pai assassinado pelo tráfico e passou fome
Concurso Público
Polícia Federal publica autorização para promover concurso público com 500 vagas
BBB 18
'BBB 18': Gleici fala sobre planos para mudar a vida após vencer o programa
Novela Global
Fim de 'Outro lado': Clara declara amor a Gael
Fatalidade
Trabalhador morre eletrocutado em propriedade rural
Tragedia
190km/h: Motorista e passageiro morrem em grave acidente
Tapetão
MP entra no caso e Palmeiras se 'arma' para anular a final do Paulistão
Macabro
Até ser descoberto, homem pedia marmita para o pai morto
VICENTINA - PAIXÃO DE CRISTO
Assista a 'Paixão de Cristo' realizada pela Paróquia Nossa Senhora dos Apóstolos em Vicentina
BBB 18 - Final
Campeã do 'BBB18', Gleici quer manter romance com Wagner: 'Lutei pra conquistar'