Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 10 de dezembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Garoto entra em coma alcoólico em escola de Ivinhema

23 Ago 2010 - 14h59Por

Na última terça-feira, dia 17, um garoto com idade entre 13 a 14 anos foi parar no hospital após ingerir uma grande quantidade de bebida alcoólica dentro de uma escola da rede estadual em Ivinhema.

Conforme apurou a reportagem, o caso aconteceu no colégio Reynaldo Massi durante o horário de aula, sendo que, o jovem, em companhia de mais dois alunos, teria se dirigido até um estabelecimento comercial e adquirido três frascos de cachaça. Após ingerir a bebida um deles teria passado mal, sendo encaminhado até um hospital para cuidados médicos, sendo inclusive necessária a aplicação de glicose.

Uma equipe do Conselho Tutelar foi acionada pela direção da unidade escolar para apurar os fatos, uma vez que, o comerciante efetuou a venda do produto aos garotos que estavam uniformizados e em horário escolar.

Informações apuradas pela reportagem dão conta de que não seria a primeira vez que o jovem comprou produtos similares no referido estabelecimento.

A Policia Civil de Ivinhema foi acionada e investiga o caso.

Com informações do Ivinhema News

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVARDIA
Mulher agride menino autista em playground e vídeo viraliza
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau descobre que Diana luta karatê e fica em choque
ACUMULOU
Ninguém acerta a mega-sena e prêmio acumula em R$ 30 milhões
VIOLENCIA
'Tiro, porrada e bomba': festa em universidade acaba em pancadaria e PM responde com violência
NOVELA GLOBAL
Gabriel confronta Valentina em “O Sétimo Guardião”
ARROCHO
Regra defendida por Bolsonaro tira R$ 1,1 mil por mês das novas aposentadorias
BARBÁRIE
Mulher é presa após atear fogo em cachorro
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Feliciano foi muito rico e ajudou Valentina no passado
SE DEU MAL
Assaltante é morto após fazer idosa de 83 anos refém no Rio de Janeiro
ROUBO MILIONÁRIO
Homens invadem banco, trocam tiros com polícia e fogem com R$ 1 milhão