Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 21 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Gambiarra de Frigorífico segue agora para a polícia

26 Jul 2010 - 19h02Por Fátima News com Assessoria
A Enersul encaminhou  para a Polícia Civil, nesta segunda-feira, dia 26,
todo material composto por fios, conectores e disjuntores que estava sendo
usado para mascarar a medição da energia elétrica consumida no Frigorífico
BEEF NOBRE de Campo Grande. O material utilizado no sistema de fraude foi
retirado no sábado pela manhã, um dia após a descoberta do golpe por
técnicos da Concessionária durante uma inspeção estratégica que a Enersul
realiza para identificar irregularidades que adulteram o sistema de medição
de consumo de energia.
 
O golpe, que teve a confirmação da perícia da Polícia Civil, foi feito na
cabine de alta tensão onde parte da energia entrava no Frigorífico sem a
devida medição. A descoberta do golpe começou após um criterioso estudo que
a Distribuidora faz para verificar os fatores que provocam variação no
histórico de consumo de um unidade, seja ela residencial, comercial ou
industrial. No caso do Frigorífico BEEF NOBRE esse acompanhamento sinalizou
o desvio que pode ser confirmado com uma inspeção que revelou aos peritos a
forma utilizada no crime. O próximo passo agora é calcular o montante da
energia desviada, os valores para cobrança  e a conclusão do inquérito pelo
7° Distrito Policial.
 
O frigorífico não é exceção, só este ano a Enersul já indentificou
irregularidades em 23 mil unidades consumidoras. Todas tiveram seus
consumos recalculados e receberam as faturas que no geral somam cerca de R$
2,5 milhões.
 
NA MIRA
 
Até o final deste ano a Enersul tem como meta inspecionar mais 100 mil
unidades consumidoras. Elas foram incluídas dentro de um mapeamento que
leva em conta uma série de informações que vão desde atipicidade no
histórico de consumo a denúncias pelos canais de relacionamento com
cliente.
 

A fraude de energia é crime previsto em lei com pena de até 4 anos de
prisão. O combate ao furto de energia é uma ação executada a nível nacional
por todas as distribuidoras para o benefício da sociedade em geral.
Atualmente o país perde, por ano, com esse tipo de crime R$ 5 bilhões,
valor que dá para construir 125 mil casas populares. Só em Mato Grosso do
Sul, o furto de energia elétrica causou no ano passado um prejuízo de R$ 47
milhões de reais e que causou um impacto na tarifa de energia elétrica de
2,57%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'
LARANJADA
Deputados do PSOL distribuem laranjas na chegada de Bolsonaro à Câmara
AMOR A PROFISSÃO
Pedreira caprichosa viraliza com trabalho detalhista e ganha novos clientes
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
O Boticário apresenta Quasar Brave, venha conferir no O Boticário em Fátima do Sul
SUPERAÇÃO
Jovem que morou 5 anos nas ruas se forma em Direito
FENÔMENO
Maior superlua de 2019 iluminará o céu nesta terça, 19
FAMOSIDADES
Padre sertanejo acusado de ostentação cobra entrada de idosos para assistir programa