Menu
SADER_FULL
RIO_DOURADOS
Busca
SUCURI_MEGA
Atlético-MG x flu

Galo chega ao empate com o Flu graças a dois gols de falta de R10

A quarta-feira foi de chuva e frio em Belo Horizonte

5 Set 2013 - 07h00Por Gazeta Esportiva

A quarta-feira foi de chuva e frio em Belo Horizonte durante praticamente todo o dia, condições do tempo que aparentemente influenciou os jogadores do Atlético-MG, que não conseguiram fazer um bom jogo no Independência, ficando no empate em 2 a 2, diante do Fluminense. A atuação alvinegra não teve brilho, com um time frio e sem vibração, contra um Tricolor bem postado em campo e jogando com inteligência.

O primeiro gol do jogo foi anotado pelo armador Wagner, que aproveitou falha de Luan e não perdoou o goleiro Victor. Mesmo sem jogar bem, o Galo chegou ao empate com Ronaldinho em cobrança de falta perfeita. No segundo tempo Rhayner marcou o segundo dos visitantes e R10 voltou a deixar tudo igual em nova cobrança de falta. O resultado foi ruim para as duas equipes, que ainda patinam no Brasileiro, com 21 pontos em favor do Atlético-MG, contra 19 do Fluminense.

Na sequência do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG vai enfrentar o Vitória, jogo marcado para o próximo sábado, no Barradão. Já o Fluminense vai medir forças contra o Bahia, no Maracanã, jogo também marcado para o sábado.

O jogo – O equilíbrio de forças marcou o início do duelo entre Atlético-MG e Fluminense no Independência. Enquanto o Galo procurou explorar as bolas paradas com Ronaldinho Gaúcho e a troca constante de posições entre os jogadores do ataque, o Tricolor tentou agredir os alvinegros usando, principalmente as laterais do campo.

A forte marcação de ambos os lado prevaleceu em boa parte etapa inicial, resultando em poucas chances efetivas de gol. Em uma das chegadas do Fluminense, Rafinha foi à linha de fundo e cruzou para área, Luan tentou cortar e errou bisonhamente, deixando Wagner livre para fuzilar o goleiro Victor, abrindo o placar no horto, no primeiro lance de perigo dos cariocas.

O gol do Fluminense obrigou os atleticanos a atacar em busca do empate. Aos poucos, o Galo foi intensificando a pressão, mas os mineiros encontraram dificuldades para transpor a linha de marcadores dos visitantes, que passaram a atuar nos contra-ataques e explorando os erros do Atlético-MG, que foram vários durante toda a partida.

Bruno Cantini/CAM
O goleiro Diego Cavalieri nada pôde fazer para impedir os gols de falta de Ronaldinho Gaúcho

A principal falha alvinegra foi sem dúvida a troca de passes, que não funcionou bem, com o time de Vanderlei Luxemburgo recuperando a bola com relativa facilidade. Com isso, os cariocas passaram a ditar o ritmo da partida, que foi lento do lado Tricolor, irritando o torcedor atleticano nas cadeiras do Independência.

Como o Galo não conseguiu chegar tocando a bola, coube ao craque Ronaldinho brilhar com um momento de genialidade. Aos 47, o craque cobrou falta com maestria, sem chances para Diego Cavalieri, empatando o marcador no Horto. A igualdade, mesmo sem jogar bem deu moral para o Atlético-MG voltar mais ligado para a etapa final.

Apoiado pela torcida, o Atlético-MG passou a perseguir a virada com mais afinco, mas ainda errando muito passes. Gesticulando bastante, o técnico Cuca procurou orientar os comandados, pedindo bola no chão e maior aproximação dos companheiros. Acuado no campo defensivo, o Fluminense priorizou a marcação e os contra-ataques nos 45 minutos finais.

Aos 27, a jogada rápida do Fluminense funcionou, e Rhayner arrancou em velocidade ganhando dos zagueiros do Galo e tocando por cobertura na saída de Victor, anotando um belo gol no Horto para recolocar o Tricolor em vantagem. Dois minutos depois, Rhayner fez falta em Neto Berola e recebeu o segundo amarelo, sendo expulso do jogo.

Com um jogador a mais em campo, o Atlético-MG se lançou a frente em busca da igualdade. Aos 37, Ronaldinho voltou a brilhar em mais uma cobrança de falta perfeita, empatando o jogo em Belo Horizonte. Os minutos finais foram de pressão total do Galo, que não conseguiu chegar ao gol da virada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BBB 18 - Vencedora
Veja a casa de Gleici, do'BBB 18': Sister teve o pai assassinado pelo tráfico e passou fome
Concurso Público
Polícia Federal publica autorização para promover concurso público com 500 vagas
BBB 18
'BBB 18': Gleici fala sobre planos para mudar a vida após vencer o programa
Novela Global
Fim de 'Outro lado': Clara declara amor a Gael
Fatalidade
Trabalhador morre eletrocutado em propriedade rural
Tragedia
190km/h: Motorista e passageiro morrem em grave acidente
Tapetão
MP entra no caso e Palmeiras se 'arma' para anular a final do Paulistão
Macabro
Até ser descoberto, homem pedia marmita para o pai morto
VICENTINA - PAIXÃO DE CRISTO
Assista a 'Paixão de Cristo' realizada pela Paróquia Nossa Senhora dos Apóstolos em Vicentina
BBB 18 - Final
Campeã do 'BBB18', Gleici quer manter romance com Wagner: 'Lutei pra conquistar'