Menu
SADER_FULL
terça, 22 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Fundtur registra aumento no fluxo de turistas no Estado em 2009

2 Jun 2010 - 18h48Por Notícias.MS

Apesar da retração do turismo mundial em 2009, o Estado de Mato Grosso do Sul registrou um crescimento de 12,74% no fluxo turístico em relação a 2008. De acordo com os dados do Sistema Básico de Ocupação Hoteleira, foi registrada a entrada de 1.165.863 milhões de hóspedes com permanência média de três dias, gerando 3.063.581 milhões de pernoites e taxa média de ocupação em 39,2% das unidades habitacionais (apartamentos) consideradas.

          Campo Grande e Bonito, dentre os 65 destinos indutores do desenvolvimento regional, definido pelo Ministério do Turismo, confirmam sua condição de destinos consolidados:

          Na Capital, a entrada de hóspedes registrada foi de 344.633 mil, apresentando um aumento de 27,13% em relação ao ano passado. Esse turista tem uma permanência média de três dias na cidade, gerando 1.026.377 milhões de pernoites.

          Segundo pesquisa, através da Ficha Nacional de Registro de Hóspedes (FNRH), em 2009,  59,6% das viagens para Campo Grande são por motivo de negócios ou convenções, 24,7%  vêm à Capital fazer turismo e lazer e 16,0% por motivos diversos, confirmando Campo Grande como um destino de negócios e eventos. Outro indicador apontado na pesquisa é que 28,2% desses hóspedes foram provenientes do Estado de São Paulo.

          Os estrangeiros que estiveram em Campo Grande residem: na Alemanha (0,5%); França (0,5%); Austrália (0,4%);  Estados Unidos (0,4%); Argentina (0,2%); Itália (0,2%); Japão (0,2%); Portugal (0,2%); Suíça (0,2%); Canadá (0,1%); Dinamarca (0,1%), Inglaterra (0,1%) e Áustria (0,1%).

          Com a Rede Hoteleira disponibilizando mais de 2.753 unidades habitacionais e 5.524 leitos, a Taxa Média de Ocupação foi de 50,2% e a Relação Hóspede/UH ocupada, de 1,5.

          Segundo análise dos dados apresentados, considerando a movimentação nos meios de hospedagem que mantiveram a taxa de ocupação durante o ano todo acima de 50,2%, a Taxa Média de Ocupação  apresentou o seguinte comportamento: Janeiro – 73,27%; Fevereiro - 63,33%; Março- 69,62%; Abril – 64,82%; Maio -68,55%; Junho - 73,88%; Julho 71,66%; Agosto - 74,33%; Setembro – 73,26%; Outubro – 77,54%; Novembro 82,87% e Dezembro –67,55%.

          Eleito pelo sétimo ano como melhor destino de ecoturismo do Brasil, Bonito teve, no ano de 2009, um fluxo de 68,79% maior no volume de Entradas nos Meios de Hospedagem em relação a 2008, num total de 147.425 mil hóspedes com permanência média, passando de 2,9 dias para 3,4 dias, gerando, assim, 501.245 mil pernoites no destino. Ainda de acordo com Pesquisa Primária (julho/2009), a hospedagem de 30,60% dos entrevistados foi em “Casa de Parentes ou Amigos, Casa Própria ou de Outras Formas”.

          Com infraestrutura para hospedagem estimada em 1.355 mil unidades habitacionais e 4.451 mil leitos (Resort, Hotéis, Pousadas, Chalés), além dos pesqueiros às margens do rio Miranda, a pesquisa realizada através da Ficha Nacional de Registro de Hóspedes (FNRH) registra como principal motivo da viagem a Bonito o ecoturismo e aventura (68,8%)  e convenções (19,3%).

          Com 266.539 mil visitantes, o fluxo aos pontos turísticos monitorados pelo Sistema de Voucher Único apresentou aumento de 56,78% em relação a 2008, segundo dados da Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comércio de Bonito. Isso sem contabilizar o fluxo de visitantes aos balneários e áreas de camping do destino, que não são controlados pelo referido sistema.

Nota: BOH - Dados 2008 Revisados

Fontes: Indicadores Básicos de Ocupação Hoteleira-Mtur/ Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comércio de Bonito/ Sistema de Informações e Estatística - Fundtur.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho