Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 23 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Fundect recebe 11 projetos para pesquisa em empresas de MS

27 Out 2004 - 07h29
A Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul) recebeu 11 propostas de projetos para o Pappe (Programa de Apoio à Pesquisa em Empresas). O edital vai destinar R$ 2,4 milhões para a execução das pesquisas, sendo R$ 1,2 milhão proveniente da Fundect e R$ 1,2 milhão oriundo da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos).

Das 11 propostas recebidas pela Fundect, oito são de empresas de Campo Grande e três de Dourados. O total de recursos solicitados pelos pesquisadores foi de R$ 1.434.120,29. Entre os projetos apresentados, seis são vinculados à UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), um ao Idaterra, um à UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), um à UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) e um à Unigran.

O valor máximo financiado por projeto aprovado será de até R$ 200 mil por um período de 24 meses. Os recursos começam a ser liberados a partir de fevereiro de 2005. Os objetivos do Pappe são possibilitar aos pesquisadores associar-se a empresas de base tecnológica para o desenvolvimento de projetos de inovação, contribuir para o fortalecimento da atividade de pesquisa em ambientes empresariais e ainda oferecer incentivos para que empresas desenvolvam trabalhos inovadores de impacto comercial ou social.

Serão considerados prioritários projetos nas áreas de agronegócio, biotecnologia, saúde, verde/amarelo (parceria universidade-empresa) e de energia. No julgamento das propostas será avaliado o caráter inovador do projeto e viabilidade técnica; qualidade da proposta, levando em conta os resultados econômicos e sociais envolvidos; e também a qualificação profissional e acadêmica dos proponentes.

O processo de seleção de propostas será desenvolvido em três fases. Na primeira etapa, as propostas de pré-qualificação recebidas serão analisadas com relação à adequação do proponente, da empresa e do projeto de inovação. Na segunda etapa, a proposta passará por um estudo de viabilidade técnica, econômica e comercial. Já na terceira fase os pesquisadores irão apresentar um Plano de Negócios detalhado com explicações a respeito da estratégia de comercialização e marketing do novo produto ou processo.
 
 
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho