Menu
SADER_FULL
sábado, 22 de setembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Fundect recebe 11 projetos para pesquisa em empresas de MS

27 Out 2004 - 07h29
A Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul) recebeu 11 propostas de projetos para o Pappe (Programa de Apoio à Pesquisa em Empresas). O edital vai destinar R$ 2,4 milhões para a execução das pesquisas, sendo R$ 1,2 milhão proveniente da Fundect e R$ 1,2 milhão oriundo da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos).

Das 11 propostas recebidas pela Fundect, oito são de empresas de Campo Grande e três de Dourados. O total de recursos solicitados pelos pesquisadores foi de R$ 1.434.120,29. Entre os projetos apresentados, seis são vinculados à UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), um ao Idaterra, um à UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), um à UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) e um à Unigran.

O valor máximo financiado por projeto aprovado será de até R$ 200 mil por um período de 24 meses. Os recursos começam a ser liberados a partir de fevereiro de 2005. Os objetivos do Pappe são possibilitar aos pesquisadores associar-se a empresas de base tecnológica para o desenvolvimento de projetos de inovação, contribuir para o fortalecimento da atividade de pesquisa em ambientes empresariais e ainda oferecer incentivos para que empresas desenvolvam trabalhos inovadores de impacto comercial ou social.

Serão considerados prioritários projetos nas áreas de agronegócio, biotecnologia, saúde, verde/amarelo (parceria universidade-empresa) e de energia. No julgamento das propostas será avaliado o caráter inovador do projeto e viabilidade técnica; qualidade da proposta, levando em conta os resultados econômicos e sociais envolvidos; e também a qualificação profissional e acadêmica dos proponentes.

O processo de seleção de propostas será desenvolvido em três fases. Na primeira etapa, as propostas de pré-qualificação recebidas serão analisadas com relação à adequação do proponente, da empresa e do projeto de inovação. Na segunda etapa, a proposta passará por um estudo de viabilidade técnica, econômica e comercial. Já na terceira fase os pesquisadores irão apresentar um Plano de Negócios detalhado com explicações a respeito da estratégia de comercialização e marketing do novo produto ou processo.
 
 
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

EMBOSCADA
Homem é assassinado na frente do filho de seis anos
FAMOSIDADES
Xuxa rompe silêncio sobre Marlene Mattos e traições de Pelé: ‘Me fez coisas muito feias’
ASSALTANTE
Preso confessou que matou a ex em cela da cadeia
DISPUTA ACIRRADA
Nova pesquisa mostra empate técnico entre Haddad e Bolsonaro
SELEÇÃO BRASILEIRA
Gabriel Jesus retorna para a Seleção
LOTERIA
Mega-Sena acumula novamente e pode pagar prêmio de R$ 22 milhões
HORÁRIO DE VERÃO 2018
Horário de Verão pode ser extinto em todo território nacional
EDUCAÇÃO
‘Desejo continuar com a minha profissão, mas temo pela minha vida’, diz professor agredido em aula
SOB INVESTIGAÇÃO
Jovem é encontrada morta dentro do quarto e esposo está desaparecido
MORTE NO DETRAN
Jovem sofre parada cardíaca durante prova para tirar CNH