Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 17 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Fundação BB investe R$ 3 milhões em estações digitais

7 Jul 2004 - 10h47
A Fundação Banco do Brasil instalará, até o final do ano, 50 estações digitais em comunidades carentes que ainda não têm acesso ao computador e à Internet. O custo total das estações será de R$ 3 milhões e a Fundação pretende instalar 100 unidades por ano, a partir de 2005.

A primeira cidade a ganhar o projeto é Teresina (PI). "As regiões Norte e Nordeste são prioritárias para o programa de inclusão digital de comunidades carentes", destacou o diretor de educação do organismo, Marcos Ramos, em entrevista ao NBR Entrevista, do Sistema Radiobrás. Ele contou que o projeto deve ajudar a população a se capacitar para o mercado de trabalho. Além de cursos, serão oferecidos, em algumas estações, serviços de pagamento de taxas de luz, água e telefone pela Internet.

O projeto tem a participação do Movimento Nacional dos Meninos de Rua, mas não só eles terão o direito de usar as estações. "Elas devem ser abertas para o público mediante o pagamento de uma pequena taxa pelo uso das máquinas e pelos cursos, para que a comunidade valorize o que acaba de receber", ressaltou Ramos.

 

Agência Brasil


Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Sóstenes cometeu crime por amor a Luz
ABUSO SEXUAL
João de Deus se entrega para a polícia
ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Robério beija Marcos Paulo e a agride ao descobrir que ela é trans
DESTAQUE MUNDIAL
Dois brasileiros estão no Top 50: melhores professores do mundo
JUSTIÇA - WHATSAPP
Administradora de grupo no WhatsApp, foi “condenada” á pagar 3 mil por discussão de membros