Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 16 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Funcionários das Federais voltam ao MEC para discutir greve

21 Jul 2004 - 08h45
A decisão de suspensão da greve dos cerca de 150 mil servidores técnicos administrativos das universidades federais e escolas federais de ensino médio terá mais uma rodada de negociação. Os representantes da Federação dos Sindicatos de Trabalhadores das Universidades Brasileiras (Fasubra) e do Sindicato Nacional dos Trabalhadores das Escolas Federais (Sinasefe) voltam a se reunir às 16h, no Ministério da Educação, para definir os pontos que não foram consenso na discussão do projeto de lei que institui o plano de carreira dos servidores.

Segundo o coordenador geral da Fasubra, Paulo Henrique dos Santos, quatro pontos travam a negociação do plano de carreira que foi apresentado pelo ministério hoje: o cronograma de implantação, a definição do índice de reajuste de uma função para outra, a incorporação das gratificações e a adesão de alguns servidores à renúncia de ações judiciais que correm contra o Ministério da Educação. “É ainda um passo inicial. Temos alguns pontos a debater com a categoria, para que não haja prejuízos”, disse Santos.
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat
SOLIDARIEDADE
Jovem faz campanha para pagar cirurgia de cachorro que vive com tumor 'gigante'