Menu
SADER_FULL
quarta, 23 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Funcionários administrativos da PF cancelam paralisação

7 Mai 2007 - 10h48
Os servidores administrativos da PF (Polícia Federal) cancelaram paralisação de 48 horas prevista para começar nesta segunda-feira. De acordo com o sindicato que representa a categoria, a greve foi suspensa porque o Ministério do Planejamento antecipou em dois dias uma reunião que estava marcada para o dia 17 de maio. O ministério não confirmou a reunião.

Os funcionários administrativos --chamados de plano especial de cargos da PF-- pedem que o governo encaminhe ao Congresso o projeto de reestruturação da carreira. Se aprovado, o projeto abriria novas vagas, evitaria desvios de função (como de policiais exercendo funções administrativas) e equipararia os salários dos servidores administrativos da Polícia Federal aos do Ministério Público e do Judiciário.

De acordo com a própria PF, o projeto foi editado em 2006, ainda na gestão do ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos, que deixou a pasta no início deste ano. O texto está em análise no Ministério do Planejamento.

Segundo o sindicato, a paralisação afeta serviços como pagamentos, controle de produtos químicos, emissão de passaportes, registro e concessão de portes de armas de fogo, fiscalizações de serviços de segurança privada e tramitação de inquéritos policiais.

Os servidores administrativas já haviam realizado paralisações no dia 28 e no dia 11 de abril.
 
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho