Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Funasa promete R$ 100 milhões a MS; 20% para índios

6 Ago 2007 - 14h03
A Funasa (Fundação Nacional de Saúde) estima que Mato Grosso do Sul possa ter ao longo dos próximos quatro anos R$ 100 milhões dos R$ 4 bilhões previstos para investimentos em diversas frentes, como saneamento básico e atenção a indígenas e quilombolas. O presidente do órgão, Danilo Forte, veio a Campo Grande para anunciar os recursos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), em solenidade na Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).

Para a saúde indígena, um problema contínuo no estado, que tem a segunda maior população de índios do Brasil, estão previstos R$ 20 milhões para os próximos quatro anos.

Com a verba prevista, prefeituras e governos estaduais devem apresentar projetos. Não há ainda ações específicas delineadas. O prefeito de Dourados, Laerte Tetila (PT), presente à solenidade na Assomasul, já avisou que quer recursos para saneamento na reserva indígena da cidade, a maior concentração de índios do Brasil, afirma. A fome e problemas nutricionais são freqüentes.

O coordenador geral de Engenharia da Funasa, Johnny Ferreira dos Santos, disse que a previsão é de destinação de R$ 1 bilhão por ano. Ele cita que a intenção é atender cerca de 15 municípios por Estado.No caso de Mato Grosso do Sul, pode ocorrer exceção, uma vez que há muitos pequenos municípios que precisam de recursos.

Entre os critérios para distribuir recursos, a Funasa considerou, por exemplo, grupos de cidades com ocorrência de doença de chagas, malária, elevada incidência de mortalidade infantil e baixa cobertura da rede de esgoto.
 
 
 
 
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos