Menu
SADER_FULL
domingo, 20 de outubro de 2019
CÂMARA BONITO OUTUBRO 2019
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Frigorífico inicia hoje abate de avestruzes em Coxim

4 Mai 2007 - 05h50

A cadeia produtiva da estrutiocultura, ou a pecuária do avestruz, começou a ser consolidada em Mato Grosso do Sul com o início dos abates no Frigorífico Margen, em Coxim, o primeiro complexo para avestruz habilitado com Selo de Inspeção Federal pelo Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

Os abates começam nesta sexta-feira (4), e o processo de desossa das aves abatidas será realizado em Paranaíba, onde a indústria possui planta também habilitada com SIF para o processo. 
 
O secretário executivo da Câmara Setorial da Avicultura e Estrutiocultura da Seprotur (Secretaria Estadual de Desenvolvimento Agrário, da Produção e do Turismo), Rubens Flavio Mello Corrêa, destaca que a implementação dos abates representam a diversificação da produção da carne no Estado, além de fortalecer a cadeia produtiva da estrutiocultura.
 
“A cadeia produtiva da avicultura já está consolidada, desde a integração, onde a empresa fornece a ave para o criador, pega o animal após 45 dias, leva para o frigorífico e distribui. Com o frigorífico, a criação de avestruz começa a consolidar um importante elo desta cadeia, e já teremos em breve empresas procurando o Estado interessadas em fabricar ração, agregando novos investimentos e consumindo os produtos da agricultura, como os grãos”, comemorou Corrêa.
 
No ano passado, segundo o Ministério da Agricultura, os estabelecimentos com selo SIF abateram no Estado 109,21 milhões de aves em seus quatro frigoríficos habilitados. Já os dois estabelecimentos de suínos foram responsáveis por 642,63 mil animais, e os 36 destinados aos bovinos, por 3,48 milhões de cabeças. 
 
Segundo o Serviço de Inspeção de Produtos Agropecuários da Superintendência Federal de Agricultura do Estado, o frigorífico terá capacidade para o abate de 300 animais/dia, e sua produção poderá ser exportada ou comercializada no mercado interno. Para realizar a fiscalização e acompanhamento dos abates, dois fiscais federais foram especialmente capacitados em São Paulo. 
 

 

Com assessoria 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSASSINATO
Mulher desaparecida foi encontrada enterrada com braço para fora em canavial
TRAGEDIA NA RODOVIA
Violenta colisão entre caminhões mata os dois motoristas
ACIDENTE EM RIO
Barco com seis pessoas vira no Rio. Duas estão desaparecidas
TRISTEZA
Populares encontram corpo de criança desaparecida dentro de córrego
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Reforma da Previdência dos militares pode aumentar salários em até 75%
CENTENÁRIO
Aos 92 anos, Cid Moreira participa de festa pelo centenário de Orlando Drummond
POLEMICA
Sobrinho-neto do pastor Malafaia diz que família o mandou para cura gay: 'Um terror psicológico'
DOENÇA DO SÉCULO
Nego do Borel passa a limpo polêmicas em que se envolveu: Deus não me deixou entrar em depressão
MS FORTE
MS sobe duas posições no Ranking da Competitividade e é 2º em crescimento no cenário nacional
NOVELA GLOBAL
A Dona do Pedaço: Maria da Paz dá rasteira em Fabiana