Menu
SADER_FULL
sábado, 25 de janeiro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER BET
Brasil

Frigorífico inicia hoje abate de avestruzes em Coxim

4 Mai 2007 - 05h50

A cadeia produtiva da estrutiocultura, ou a pecuária do avestruz, começou a ser consolidada em Mato Grosso do Sul com o início dos abates no Frigorífico Margen, em Coxim, o primeiro complexo para avestruz habilitado com Selo de Inspeção Federal pelo Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

Os abates começam nesta sexta-feira (4), e o processo de desossa das aves abatidas será realizado em Paranaíba, onde a indústria possui planta também habilitada com SIF para o processo. 
 
O secretário executivo da Câmara Setorial da Avicultura e Estrutiocultura da Seprotur (Secretaria Estadual de Desenvolvimento Agrário, da Produção e do Turismo), Rubens Flavio Mello Corrêa, destaca que a implementação dos abates representam a diversificação da produção da carne no Estado, além de fortalecer a cadeia produtiva da estrutiocultura.
 
“A cadeia produtiva da avicultura já está consolidada, desde a integração, onde a empresa fornece a ave para o criador, pega o animal após 45 dias, leva para o frigorífico e distribui. Com o frigorífico, a criação de avestruz começa a consolidar um importante elo desta cadeia, e já teremos em breve empresas procurando o Estado interessadas em fabricar ração, agregando novos investimentos e consumindo os produtos da agricultura, como os grãos”, comemorou Corrêa.
 
No ano passado, segundo o Ministério da Agricultura, os estabelecimentos com selo SIF abateram no Estado 109,21 milhões de aves em seus quatro frigoríficos habilitados. Já os dois estabelecimentos de suínos foram responsáveis por 642,63 mil animais, e os 36 destinados aos bovinos, por 3,48 milhões de cabeças. 
 
Segundo o Serviço de Inspeção de Produtos Agropecuários da Superintendência Federal de Agricultura do Estado, o frigorífico terá capacidade para o abate de 300 animais/dia, e sua produção poderá ser exportada ou comercializada no mercado interno. Para realizar a fiscalização e acompanhamento dos abates, dois fiscais federais foram especialmente capacitados em São Paulo. 
 

 

Com assessoria 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ATENTADO
Casa de deputado é atacada com pelo menos 30 tiros de fuzil
SUPERAÇÃO
Ser diagnosticado 5 vezes com câncer em 15 anos não foi capaz de parar campeão paralímpico
SUSTO
Palco de Gusttavo Lima pega fogo durante show em Pernambuco
É MUITO PLÁSTICO
Brasil produz mais de 11 milhões de toneladas de lixo plástico
CASOS RAROS
Duas crianças morrem em uma semana, após sofrer AVC, preocupa classe médica
REALITY SHOW 2020
Participante do BBB20, médica sugeriu que mataria Dilma “em seu plantão”
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Três crianças morrem e uma mulher fica ferida durante incêndio em casarão
ESPORTE 2020
Opção de 'Cashout' atrai apostadores iniciantes
FUTEBOL 2020
Coritiba anuncia novo patrocinador máster para 2020
DOENÇA INFECCIOSA
Presos que estavam sendo 'comidos vivos' por doença são internados