Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 18 de agosto de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Frieza de Bruno é comparável a de Alexandre Nardoni, diz psiquiatra

12 Jul 2010 - 14h24Por TV MORENA

Antonio Serafim, psiquiatra do Instituto de Psiquiatria Forense do Hospital das Clínicas de São Paulo disse ao analisar o goleiro Bruno no dia em que se entregou. Afrieza de Bruno é semelhante à reação de Suzane Von Richtoffen, condenada tramar a morte dos próprios pais. E, mais recentemente, com o caso de Isabela Nardoni, a menina que foi morta pela madrasta e pelo pai, Alexandre Nardoni.  

“A gente vê uma pessoa altamente centrada. Um indivíduo que não expressa um desequilírio emocional ou ansiedade, ele responde bem à pressão. Vê-se que ele estava muito contido. E com características muito próprias de pensar em si mesmo", diz Antonio Serafim, do Instituto de Psiquiatria Forense do Hospital das Clínicas de São Paulo.

Quando se entregou a polícia, uma câmera registrou o que Bruno disse dentro da delegacia: “se eu tinha esperança de disputar a Copa de 2014, acabou”. “Isso mostra que na verdade a preocupação dele é com ele. Não está preocupado com quem morreu ou desapareceu”, defende o psiquiatra.

“Lembro muito bem da cena do Alexandre Nardoni, com o policial ao lado dele, como se tivesse caído qualquer coisa, menos a filha dele”, ressalta Serafim. O advogado criminalista e ex-policial Milton Bednarski, um conhecido colecionador de histórias de crimes bárbaros, resume em uma frase o perfil desses assassinos. “Você não diz que eles são criminosos. Eles são dissimulados”.

“O maior sinal desse comportamento predatório, destruidor, é o desprezo pelo ser humano”, garante Serafim.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME PASSIONAL
Marido flagra esposa com suposto amante e caso termina em morte
NOVELA GLOBAL
Remy pode não ter morrido em 'Segundo sol'; veja os indícios
TECNOLOGIA
Segunda via do RG pode ser solicitada pela internet
BOA AÇÃO
Empresário curado faz doação milionária para hospital público
VIOLENCIA
Homem desce do carro e mata mulher com tiro a queima roupa
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta confessa que matou Remy; Karola foi cúmplice
PRESO EM 2010
Morre o homem apontado como maior contrabandista de cigarros do País
ELEIÇÕES 2018 - REGISTRO FEITO
AGORA: PT registra candidatura de Lula e tem até 17 de setembro para trocar candidato
BRIGA DE FAMILIA
Briga de irmãos termina com faca cravada na cabeça de jovem adolescente
NOVELA GLOBAL
Em 'Segundo sol', Zefa rompe com Severo: 'Você não merece nada de bom de mim!'