Menu
SADER_FULL
sexta, 19 de outubro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Fraudes digitais registram aumento de 53% no Brasil em 2006

5 Abr 2007 - 04h24
De acordo com levantamento realizado pelo Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil (Cert.br) o índice de fraudes digitais, ou seja, o roubo de dados pessoais e bancários cresceu 53% em 2006, o que denota falhas na infra-estrutura de segurança estabelecida pelas organizações e instituições financeiras do País.
 
Os dados são referentes apenas aos casos reportados ao Cert.br, que contabiliza cada problema de segurança conforme a sua categoria. Em relação aos problemas de segurança como um todo, 2006 registrou um aumento de 191% em incidentes reportados, passando de 68 mil em 2005 para mais de 197 mil em 2006.
 
Dentro deste universo, as fraudes correspondem a 21% do total de incidentes, onde entram a perda por informações em ataques do tipo phishing scam, em que um usuário é levado a uma página falsa de um banco, por exemplo, fornecendo dados que são usados depois por fraudadores, ou mesmo por invasores que roubam informações em computadores pessoais.

 

 


 
 
Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

REALITY SHOW
Perlla é eliminada de A Fazenda com 22,64% dos votos
RETA FINAL
'Segundo sol': Antes de ir para a cadeia, Luzia pede: 'Continuem procurando por Remy! Ele está vivo!
CASO LETICIA
Adolescente morta a facadas contou a amigos que pai estuprou a tia na sua frente:'Tinha quatro anos'
MOTIVO FUTIL
Camera ajuda na indentificação de Homem que confessa ter matado mulher após falhar na "Hora H"
A CASA CAIU
Rapaz é agredido pelas sete namoradas que descobriram traição
SEGUNDO SOL
Beto confronta Karola: 'Você roubou a vida de outra mulher'
DEFICITÁRIAS
Correios fecham 02 agências no MS e 39 no país
VICENTINA - LEILÃO ELETRÔNICO
Justiça realizará leilão eletrônico de imóveis urbanos e trator de VICENTINA
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Conclusão do Comperj deve gerar 8 mil vagas em 2019
LUTO NO JORNALISMO
Morre Gil Gomes, jornalista policial, aos 78 anos, em São Paulo