SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 17 de Dezembro de 2017
DELPHOS_FULL
RIO_DOURADOS
9 de Agosto de 2004 18h05

Formandos do Sebrae/MS em Jateí fazem planos para o futuro

Os formandos do curso de Pequenos Artefatos em Madeira em Jateí já pensam em dar prosseguimento ao que aprenderam. Parte do grupo, que recebeu o diploma na sexta-feira, 6 de agosto, planeja participar da Feira do Empreendedor, em Campo Grande de 26 a 29 de agosto, e conseguir informações necessárias para abrir o primeiro negócio. O treinamento foi oferecido pelo Programa de Ação Móvel, através de parceria entre Sebrae/MS e Senai. 
 
O aluno Paulo Rodrigues Monteiro, 39 anos, será o representante do grupo que vai visitar a Feira do Empreendedor em busca de oportunidades. “Quero saber como montar uma empresa, conhecer maquinários e como poderei me organizar para transformar esse sonho em realidade”, disse.
 
Ele reforçou que o grupo vai continuar solicitando ajuda ao Sebrae/MS para receber a orientação necessária. O agente de desenvolvimento no município, Adauto Francisco Moura, ressaltou que está esperançoso com o entusiasmo dos alunos em continuar com o aprendizado e gerar novas fontes de renda em Jateí. “Não houve nenhuma desistência durante o curso e essa parceria será mantida”, adiantou. 
 
Além de uma futura empresa na cidade, o curso de artefatos em madeira também deve melhorar a qualidade do ensino e do comércio de marcenaria já existente no município. Eliton Ribeiro Almeida, 16 anos, trabalha com o pai em uma pequena marcenaria da família e pretende incluir no catálogo de produção novos objetos feitos durante o curso. “Aprendi acabamentos mais perfeitos do que fazíamos e agora quero diversificar o nosso trabalho”, revelou.
 
A aluna Rosemeri Silva Dias, 31 anos, pretende repassar o que aprendeu para seus alunos da disciplina de Educação Artística no ensino fundamental. “Esse tipo de trabalho pode despertar interesse pela arte, artesanato e habilidade com as mãos”, antecipa.
 
Se depender da prefeitura os alunos terão apoio para dar continuidade ao trabalho desenvolvido durante o curso. O secretário municipal de Meio Ambiente, Gerson Pereira Dias, ressalta que a administração está implantando o aterro sanitário local e com isso haverá a separação do lixo e dos restos de madeira, matéria prima usada pelos alunos. “Queremos que o artesanato seja mais uma opção de comércio na cidade”, adiantou o secretario.
 
A secretária municipal de Assistência Social, Maria Aparecida Neres Leita, também elogiou a participação ativa do Sebrae/MS em Jateí. “O Sebrae tem nos ajudado muito nesses quase três anos de parceria. Quando o aluno sabe que o curso é da entidade ele dá mais valor, porque conhece a qualidade que o Sebrae coloca em seus treinamentos. É tudo de alto nível”, argumenta.
O curso Pequenos Artefatos em Madeira beneficiou 15 pessoas da comunidade. Durante a entrega dos certificados eles fizeram uma exposição dos trabalhos realizados durante as 80 horas de aprendizado. Entre as amostras estavam objetos de decoração e diversos utensílios domésticos. 
 
 
Desenvolvimento Local 
   
O Dlis foi implantando em Mato Grosso do Sul em 1997. Em 2004 o número de localidades chegou a 56 e as cidades foram escolhidas tendo como base o número de habitantes (até 50 mil) e baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). A consultora e supervisora do Dlis, Ivone Fernandes de Andrade, ressalta que o objetivo é dar condições as pessoas carentes de obterem melhor qualidade de vida. “Nos municípios onde os cursos já terminaram os alunos estão esperançosos e animados com novas oportunidades de renda”, lembra.

 

 

 

 

 

Capital News


Comentários
Veja Também
SADER_LATERAL
FÁBRICA_CALÇADOS
LOJA_02
Últimas Notícias
  
LÉO_GÁS_300
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.