Menu
SADER_FULL
quarta, 22 de janeiro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER BET
Brasil

Força-tarefa fiscaliza alta abusiva de planos de saúde em MS

14 Jul 2004 - 07h02
 

O Ministério Público e o Procon (Promotoria de Defesa do Consumidor) já estão atuando conjuntamente contra os reajustes abusivos dos planos de Saúde em Mato Grosso do Sul. Na semana passada, O DPDC(Departamento Nacional de Defesa do Consumidor) e o Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) enviaram nota técnica subsidiando as ações do órgão em Mato Grosso do Sul.

Segundo a coordenadora do Procon, Patrícia Mara da Silva, as queixas quanto ao aumento abusivo estão sendo conduzidas de forma regular pelo órgão, em que os processos passam pela tentativa de acordo com a empresa e caso não haja resultado, define-se pela ação judicial. Já o Ministério Público tem recebido as informações, encaminhadas pelo Procon, podendo instaurar inquérito para investigar os casos abusivos.

“A proposta é tentar manter o equilíbrio dos contratos e combater os reajustes abusivos”, resumiu a advogada, citando que não ainda um levantamento no órgão sobre a quantidade de queixas contra os seguros. Patrícia exemplificou o problema, lembrando que hoje um consumidor procurou o Procon com uma tarifa que passou de R$ 500,00 para R$ 900,00.

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAIÇÃO
Mulher flagra marido com novinha e a faz andar pelada na rua
ENCONTRO ACABA EM MORTE
Moça que foi estuprada e assassinada saiu de casa para se encontrar com um amigo
RAÇA ASSASSINA
Rottweiler mata doze bezerros em propriedade rural
TRAGEDIA NA RODOVIA
Grave acidente envolve três caminhões e um carro na PR 180; uma pessoa morreu
FÁTIMA DO SUL - NESTA QUARTA-FEIRA
Esclarecimentos sobre porte de armas e suas aquisições acontece nesta quarta-feira em Fátima do Sul
ESTUDANTES
Estudantes podem se inscrever no Sisu a partir desta terça-feira
TECNOLOGIA
Clientes de bancos digitais vão poder sacar dinheiro em padarias e supermercados
VALOR INDEVIDO
Mais de 4 milhões de motoristas vão receber restituição da diferença do DPVAT
DESEMPREGO À VISTA
Petrobras vai demitir funcionário aposentado após reforma da Previdência
BORA PRA BONITO - MS
Passeios em Bonito tem até 60% de desconto para sul-mato-grossenses