Menu
RIO_DOURADOS
SADER_FULL
Busca
SUCURI_MEGA
Brasil

Foco de aftosa pressiona governo a investir, diz Roldão

1 Jul 2004 - 17h20
O delegado federal de Agricultura em Mato Grosso do Sul, José Antônio Roldão, afirma que o foco de febre aftosa registrado há duas semanas no Pará pressiona o governo federal a investir em saneamento. A demanda nacional passa dos R$ 100 milhões mas no ano passado somente R$ 12 milhões foram rateados, R$ 1,176 milhão para o Mato Grosso do Sul, que tem o maior rebanho de bovinos de corte do País.
Para Roldão, a resposta imediata de mercados como a Rússia, que fecharam as fronteiras para as carnes brasileiras, ressaltam que o enfoque tem de estar sempre na defesa animal, área que deve ser priorizada. “É possível que haja através desse alerta determinação mais agressiva pelo Ministério, uma vez que o problema existe e está latente”, diz Roldão. O Mato Grosso do Sul já pediu ao Ministério da Agricultura, Abastecimento e Pecuária, R$ 5,5 milhões para defesa sanitária.
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

BBB 18 - Vencedora
Veja a casa de Gleici, do'BBB 18': Sister teve o pai assassinado pelo tráfico e passou fome
Concurso Público
Polícia Federal publica autorização para promover concurso público com 500 vagas
BBB 18
'BBB 18': Gleici fala sobre planos para mudar a vida após vencer o programa
Novela Global
Fim de 'Outro lado': Clara declara amor a Gael
Fatalidade
Trabalhador morre eletrocutado em propriedade rural
Tragedia
190km/h: Motorista e passageiro morrem em grave acidente
Tapetão
MP entra no caso e Palmeiras se 'arma' para anular a final do Paulistão
Macabro
Até ser descoberto, homem pedia marmita para o pai morto
VICENTINA - PAIXÃO DE CRISTO
Assista a 'Paixão de Cristo' realizada pela Paróquia Nossa Senhora dos Apóstolos em Vicentina
BBB 18 - Final
Campeã do 'BBB18', Gleici quer manter romance com Wagner: 'Lutei pra conquistar'