TASS_MOTORS
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 16 de Dezembro de 2017
RIO_DOURADOS
22 de Março de 2007 08h53

Flamengo vence Paraná e se classifica na Copa Libertadores

O Flamengo é o primeiro time brasileiro a garantir matematicamente sua classificação às oitavas-de-final da Copa Libertadores. Jogando no Maracanã na noite desta quarta-feira, o time carioca derrotou o Paraná por 1 a 0, gol de Souza, e chegou aos dez pontos no Grupo 5, assegurando, na pior das hipóteses, a segunda posição.

A derrota também não complicou tanto a vida dos paranistas, que permanecem na vice-liderança com seis pontos, três a mais que o Real Potosí, da Bolívia. O Maracaibo, da Venezuela, segura a lanterna com dois pontos.

O primeiro tempo foi muito disputado, com as duas equipes mostrando uma vocação ofensiva e buscando o gol. Logo no primeiro minuto Juninho Paulista arriscou de fora da área e o goleiro Flávio defendeu. Seis minutos depois, o camisa 1 do Paraná apenas acompanhou um chute perigoso de Souza, que foi para fora.

A equipe paranaense tinha em Dinélson a sua grande fonte de criatividade. Ausente no jogo da semana passada, o meia conseguiu mostrar o motivo de seu time ter sido dominado pelos cariocas na derrota de 1 a 0, em Curitiba.

Ele se movimentou bem e era um perigo constante para o setor direito de defesa do Flamengo. Aos nove minutos, o meia quase abriu o marcador ao tirar dois zagueiros em um único drible e chutar para boa defesa do goleiro Bruno.

Quando conseguia marcar Dinélson, o Rubro-negro deixava seu lado esquerdo da defesa descuidado e por ali os visitantes quase encontraram o mapa da mina aos 15 minutos, quando André Luiz cruzou e Henrique escorou sobre o gol.

Pelo mesmo setor, Josiel recebeu cruzamento de Gérson e cabeceou para fora quatro minutos depois. Mas se pecava na sua marcação, o dono da casa sabia ser perigoso com a posse de bola, como aos 25 minutos, quando Roni arriscou de fora da área e Flávio defendeu com dificuldade.

A resposta paranista veio dois minutos depois, novamente em boa jogada de Dinélson. O meia rolou para Josiel chutar e o goleiro defender. A última boa chance da primeira etapa foi do Flamengo. Leonardo Moura recebeu pela direita, livre na área, e chutou cruzado para Flávio defender aos 38 minutos.

O jogo continuou aberto no segundo tempo, com os cariocas buscando mais o ataque, como aos seis minutos, quando Renato Augusto cruzou, Souza cabeceou na zaga e aproveitou o próprio rebote para chutar e o goleiro defender.

Mas, se estava mais presente na frente, o Rubro-Negro dava mais espaço para os contra-ataques adversários e, em duas oportunidades, os paranistas quase marcaram. Aos seis minutos Henrique cruzou e Paulinho quase marcou contra ao tentar cortar. Dois minutos depois Dinélson fez boa jogada e rolou para Henrique chutar e encobrir o travessão.

A pressão dos anfitriões aumentava com o passar do tempo e por pouco os cariocas não abriram o placar com Juan. Aos 12 minutos, Juninho Paulista cruzou e o lateral cabeceou na trave. Na seqüência da jogada o próprio Juan recebeu na área, livre de marcação, e chutou para Flávio operar um verdadeiro milagre.

A resposta do Paraná veio aos 14 minutos, quando Josiel recebeu livre na área e acertou a trave de Bruno. Juninho Paulista deu o troco aos 25 minutos em um chute de fora da área que o goleiro adversário defendeu.

No minuto seguinte, Dinélson acertou a trave em uma cobrança de falta. Um lance curioso aconteceu aos 28 minutos. O goleiro Bruno defendeu um recuo de Leonardo Moura e viu o árbitro Carlos Eugênio Simon, bem colocado, marcar falta indireta.

No entanto, Egídio perdeu boa chance ao cobrar a infração na barreira. Aos 37, o goleiro rubro-negro se redimiu ao salvar um bom chute de Josiel.

Nos minutos finais o jogo ficou ainda mais aberto. Aos 38 minutos, Souza recebeu livre na área e chutou para boa defesa de Flávio. Um minuto depois foi a vez de Josiel testar Bruno em um chute já de dentro da área. Aos 40, Souza se livrou de dois e fez a bola raspar a trave de Flávio.

De tanto insistir, Souza foi premiado com o gol da vitória aos 41 minutos. Ele cabeceou com perfeição cruzamento de Leonardo Moura para definir o marcador.

Divulgação
As duas equipe só voltam a jogar em abril pela Libertadores. No dia 4 o Flamengo vai visitar o Maracaibo, enquanto o Paraná enfrentará a altitude de Potosí no dia 10.

 

 

 

 

Gazeta Esportiva

Comentários
Veja Também
FÁBRICA_CALÇADOS
FARMÁCIA_CENTROFARMA_300
SADER_LATERAL
Últimas Notícias
  
ÓTICA_DOURADOS
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.