Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 24 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Flamengo vence Paraná e se classifica na Copa Libertadores

22 Mar 2007 - 08h53
O Flamengo é o primeiro time brasileiro a garantir matematicamente sua classificação às oitavas-de-final da Copa Libertadores. Jogando no Maracanã na noite desta quarta-feira, o time carioca derrotou o Paraná por 1 a 0, gol de Souza, e chegou aos dez pontos no Grupo 5, assegurando, na pior das hipóteses, a segunda posição.

A derrota também não complicou tanto a vida dos paranistas, que permanecem na vice-liderança com seis pontos, três a mais que o Real Potosí, da Bolívia. O Maracaibo, da Venezuela, segura a lanterna com dois pontos.

O primeiro tempo foi muito disputado, com as duas equipes mostrando uma vocação ofensiva e buscando o gol. Logo no primeiro minuto Juninho Paulista arriscou de fora da área e o goleiro Flávio defendeu. Seis minutos depois, o camisa 1 do Paraná apenas acompanhou um chute perigoso de Souza, que foi para fora.

A equipe paranaense tinha em Dinélson a sua grande fonte de criatividade. Ausente no jogo da semana passada, o meia conseguiu mostrar o motivo de seu time ter sido dominado pelos cariocas na derrota de 1 a 0, em Curitiba.

Ele se movimentou bem e era um perigo constante para o setor direito de defesa do Flamengo. Aos nove minutos, o meia quase abriu o marcador ao tirar dois zagueiros em um único drible e chutar para boa defesa do goleiro Bruno.

Quando conseguia marcar Dinélson, o Rubro-negro deixava seu lado esquerdo da defesa descuidado e por ali os visitantes quase encontraram o mapa da mina aos 15 minutos, quando André Luiz cruzou e Henrique escorou sobre o gol.

Pelo mesmo setor, Josiel recebeu cruzamento de Gérson e cabeceou para fora quatro minutos depois. Mas se pecava na sua marcação, o dono da casa sabia ser perigoso com a posse de bola, como aos 25 minutos, quando Roni arriscou de fora da área e Flávio defendeu com dificuldade.

A resposta paranista veio dois minutos depois, novamente em boa jogada de Dinélson. O meia rolou para Josiel chutar e o goleiro defender. A última boa chance da primeira etapa foi do Flamengo. Leonardo Moura recebeu pela direita, livre na área, e chutou cruzado para Flávio defender aos 38 minutos.

O jogo continuou aberto no segundo tempo, com os cariocas buscando mais o ataque, como aos seis minutos, quando Renato Augusto cruzou, Souza cabeceou na zaga e aproveitou o próprio rebote para chutar e o goleiro defender.

Mas, se estava mais presente na frente, o Rubro-Negro dava mais espaço para os contra-ataques adversários e, em duas oportunidades, os paranistas quase marcaram. Aos seis minutos Henrique cruzou e Paulinho quase marcou contra ao tentar cortar. Dois minutos depois Dinélson fez boa jogada e rolou para Henrique chutar e encobrir o travessão.

A pressão dos anfitriões aumentava com o passar do tempo e por pouco os cariocas não abriram o placar com Juan. Aos 12 minutos, Juninho Paulista cruzou e o lateral cabeceou na trave. Na seqüência da jogada o próprio Juan recebeu na área, livre de marcação, e chutou para Flávio operar um verdadeiro milagre.

A resposta do Paraná veio aos 14 minutos, quando Josiel recebeu livre na área e acertou a trave de Bruno. Juninho Paulista deu o troco aos 25 minutos em um chute de fora da área que o goleiro adversário defendeu.

No minuto seguinte, Dinélson acertou a trave em uma cobrança de falta. Um lance curioso aconteceu aos 28 minutos. O goleiro Bruno defendeu um recuo de Leonardo Moura e viu o árbitro Carlos Eugênio Simon, bem colocado, marcar falta indireta.

No entanto, Egídio perdeu boa chance ao cobrar a infração na barreira. Aos 37, o goleiro rubro-negro se redimiu ao salvar um bom chute de Josiel.

Nos minutos finais o jogo ficou ainda mais aberto. Aos 38 minutos, Souza recebeu livre na área e chutou para boa defesa de Flávio. Um minuto depois foi a vez de Josiel testar Bruno em um chute já de dentro da área. Aos 40, Souza se livrou de dois e fez a bola raspar a trave de Flávio.

De tanto insistir, Souza foi premiado com o gol da vitória aos 41 minutos. Ele cabeceou com perfeição cruzamento de Leonardo Moura para definir o marcador.

Divulgação
As duas equipe só voltam a jogar em abril pela Libertadores. No dia 4 o Flamengo vai visitar o Maracaibo, enquanto o Paraná enfrentará a altitude de Potosí no dia 10.

 

 

 

 

Gazeta Esportiva

Deixe seu Comentário

Leia Também

BBB 19
Vanderson é eliminado e vai prestar depoimentos sobre casos de agressão
INVESTIGAÇÃO
Mourão volta a dizer que é preciso investigar Flávio Bolsonaro e punir se for o caso
HEROI
Porteiro ganha homenagem: salvou criança de 3 anos que caiu na piscina (VIDEO)
FAMOSIDADES
Aos 67 anos, Amado Batista assume namoro com jovem de 19 anos de idade
LUTO - TV
Ator Caio Junqueira morre no Rio uma semana após acidente
ANJO DA GUARDA
Amigo dá lar a mulher que viveu 40 anos internada no HC
MAMATA
General corta contratinho de R$ 30 milhões para manter jornalistas no exterior
PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes