Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 20 de novembro de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Fisiologista do São Paulo: "Volta de Vampeta é uma piada"

20 Jun 2007 - 09h43
O fisiologista Turíbio Leite de Barros Neto, que cuida dos atletas do São Paulo, disse ontem à noite que o retorno do volante Vampeta ao futebol "é uma piada". Segundo Turíbio, o baiano de Nazaré das Farinhas, que está com 33 anos, só volta a jogar pelo Corinthians por uma jogada de marketing. "Ele que me desculpe, mas é um ex-atleta. Vale mais porque é um personagem do futebol que vai atrair torcedores ao estádio", afirmou durante o programa Propaganda Futebol Clube, no canal BandSports.

O retorno do "velho Vamp" não é o único considerado uma jogada promocional por parte de Turíbio. Ele também dispara contra a contratação de Marcelinho Carioca, de 36 anos, pelo Santo André. "Não é mais possível Marcelinho repetir a condição de atleta que já teve. A faixa etária dele não é mais compatível com a exigência do futebol atual", disse o fisiologista.

Turíbio revelou que o maior problema enfrentado por Vampeta e Marcelinho Carioca é o de correr em campo as distâncias que são exigidas para um volante e um meia. "Eles teriam que correr cerca de 12 a 14 km por partida", calcula. Para se ter uma idéia, Turíbio e sua equipe da Universidade Federal de São Paulo - onde comanda o departamento de fisiologia - acompanharam o atacante Romário 5 anos atrás, numa partida entre Fluminense e São Paulo, no estádio do Morumbi. O resultado mostrou que o Baixinho, por se limitar a ficar na área adversária, corre bem abaixo dessa distância. "Romário percorreu apenas 3 km naquela partida. A distância mais longa que ele correu foi quando ele deixou o meio de campo e foi empurrar o zagueiro Andrei, também do Fluminense, na área do seu time", contou Turíbio.

LUIZÃO PODE VOLTAR
Em compensação, Turíbio acha que o atacante Luizão - hoje fazendo trabalho de recuperação e condicionamento físico no Refiss, do São Paulo - está "próximo da condição adequada de peso e preparo físico" para retornar ao futebol. O jogador já perdeu 6 kg desde que apareceu no CT da Barra Funda pedindo para ganhar condicionamento físico outra vez. "Falta a ele ritmo de jogo porque está parado há meses, mas ele tem condições de voltar a jogar", afirmou Turíbio.

Turíbio Leite de Barros Neto, que está no São Paulo há quase 20 anos, é membro do American College Of Sports Medicine e professor adjunto da Universidade Federal de São Paulo. Tem experiência na área de Fisiologia, atuando principalmente em atividade física, futebol, exercício, consumo de oxigênio e aptidão física.

 

 


 
Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAUDE
Homem para de fumar e guarda dinheiro do cigarro para viajar, reformar a casa e mais
ORDEM E PROGRESSO
Mato Grosso do Sul tem a 6ª maior taxa de crescimento econômico do país
VÍDEO - CULTURA
Professor joga capoeira com aluno cadeirante e emociona web
MILAGRE
Glória Maria posta pela primeira vez após remoção de tumor: 'Hoje acredito em milagre'
DOENÇA TERRIVEL
'Que pena não ter realizado seu sonho, ver eu me formar', diz filha de Reinaldo, o príncipe do pagod
QUEM SERÁ?
Adriano Imperador leva loira de 22 anos, seu novo affair, para conhecer a família
FUTEBOL
Brasil faz três na Coreia do Sul e encerra jejum de vitórias
VÍDEO - ASSUSTADOR
VÍDEO: homem desmaia em trilho e deixa passageiros desesperados
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
O Boticário oferece mais de 400 produtos com até 60% de desconto na Black Week em Fátima do Sul
NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Camilo tenta estuprar Vivi e morre