Menu
SADER_FULL
domingo, 26 de maio de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Figueirense perde para o Botafogo mas faz final da Copa do Brasil

24 Mai 2007 - 09h36
Numa falha incrível do goleiro Júlio César aos 44 minutos do segundo tempo, o Figueirense conquistou uma inédita vaga na final da Copa do Brasil. A equipe catarinense perdeu por 3 a 1 para o Botafogo, mas levou a melhor por ter vencido por 2 a 0 o jogo de ida, em Florianópolis.
 
O Botafogo começou a partida num ritmo alucinante, disposto a descontar ainda no primeiro tempo os dois gols sofridos no jogo de ida. Com uma formação ofensiva, o Alvinegro partiu para cima do Figueirense, que não conseguia sair de seu campo de defesa.
 
Inspirado, Zé Roberto balançou a rede aos 12 minutos, ao pegar um rebote do goleiro Wilson. No entanto, a auxiliar Ana Paula Oliveira marcou impedimento do meia. Mas aos 19, não teve jeito. Após bola mal rebatida na área, Dodô chutou e Wilson espalmou. Zé Roberto completou para o gol e abriu o placar.

Cuca, técnico do Botafogo, reclama com o árbitro um impedimento mal marcadoO time carioca continuou em alta velocidade, imprensando o Figueirense em sua defesa. Mas voltou a esbarrar na arbitragem. Aos 27 minutos, Joílson cabeceou para o gol, mas a mesma auxiliar assinalou impedimento de Alex, que estava embaixo dos paus, mas não tocou na bola.

O Botafogo chegou a ensaiar uma instabilidade emocional, movido pelas marcações da arbitragem, mas conseguiu marcar o segundo gol pouco antes do intervalo. Lucio Flavio cobrou falta na área, e André Lima marcou. Agora foi a vez de o Figueirense reclamar que o atacante teria se apoiado num adversário ao cabecear.
 
Na segunda etapa, o técnico Cuca optou por tirar Joílson e colocar Diguinho, deslocando Túlio para a lateral direita. O Botafogo continuou a pressionar, empurrado pela torcida, e o Figueirense a não encontrar muitas alternativas para ameaçar.
 
Mas o cansaço começou a se mostrar um adversário a mais para o Botafogo. A equipe não tinha o mesmo ímpeto e a mesma competência para dar seqüência às suas jogadas de ataque.
 
Quando todos se preparavam para os pênaltis, um frango de Júlio César após um chute de Cleiton Xavier aos 44 do segundo tempo apagou o Fogão. O Figueirense fez o gol que o levou à final. O zagueiro Vinícius ainda marcou contra, aos 48.
 
 
 
Globo Esporte
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - VISITA ILUSTRE
Em Bonito (MS), Miss Brasil Júlia Horta destaca 'A energia daqui é inexplicável'
COISA DE DOIDO
Sucuri ataca bombeiro durante resgate em SP; assista!
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Governo dobra vagas de concurso da PF e convocações saem no fim do ano
FEMINICIDIO
Mulher é morta com 75 facadas pelo ex-marido após 25 anos de casamento
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
'Peguei meu filho e achei que estivesse morto', diz mãe de criança dopada em creche
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Confira o que tá na promoção que vai até este sábado no O Boticário em Fátima do Sul
BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Visite Bonito (MS) na baixa temporada, saiba o porquê!
FÁTIMA DO SUL - TRATAMENTO COACH
De Nova Andradina, Vanessa recupera autoestima com tratamento 'Coach' Célia Tenório de Fátima do Sul
CASA BOCA SUJA
morador instala placas com palavrões nos muros de casa
MACABRO
Mulher é encontrada morta ao lado de uma oferenda