Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 23 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Fifa vai rever punição por tirar camisa

14 Set 2004 - 10h39
Nada como um manda-chuva como testemunha para que certas normas sejam alteradas. No caso, a determinação que está para caducar é a recomendação para que árbitros punam com cartão amarelo jogador que tirar a camisa na comemoração de gols. A promessa de revisão foi feita nesta segunda-feira por Joseph Blatter.

O presidente da Fifa ficou chocado ao acompanhar, no domingo, a expulsão de Tim Cahill, logo após ter feito o gol da vitória por 1 a 0 do Everton sobre o Manchester City. O atacante australiano extravasou a euforia de forma bem comum: encobriu o rosto com a camisa, recurso muito utilizado por Rivaldo, para ficar num personagem famoso. O juiz Steve Bennett, zeloso cumpridor das orientações da International Board (que rege as leis do futebol), não teve dúvidas de mostrar o cartão amarelo. Como Cahill já havia sido advertido anteriormente, foi expulso. "Não concordei com o árbitro", disse Blatter, que havia ido ao estádio de Manchester com seu colega inglês David Will, um dos vices da Fifa. "O cartão caberia, se o jogador tivesse tirado totalmente a camisa. Mas ele a levantou em parte", disse. "Uma bronca caía bem."

Na avaliação de Blatter, é preciso deixar claro o que significa "tirar a camisa", conforme está no texto aprovado pela Board em fevereiro. "Vamos estudar a questão", garantiu Will, ao reforçar a posição de Blatter. "Tirar a camisa é quando o jogador a arranca do corpo ou também quando a levanta em parte?", ponderou. "Essa sutileza faz com que alguns juízes tenham interpretações distintas."

Polêmica ou não, sobrou para o australiano Cahill, que não se conformou ao ver o vermelho na mão de Bennett na hora em que retornava para o campo. Os dirigentes do Everton protestaram, mas só lhes restou o consolo da vitória. No complemento da rodada, nesta segunda-feira, Charlton 0 x Southampton 0.
 
Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho