SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 20 de fevereiro de 2018
UNIPAR_468
SADER_FULL
22 de junho de 2010 08h24

Fifa descarta punição a Dunga por ofensas a jornalista

G1


A Fifa descartou uma punição ao técnico brasileiro Dunga depois da polêmica entrevista realizada após a vitória sobre a Costa do Marfim, no domingo, quando xingou um dos jornalistas presentes. Nesta terça-feira, no encontro diário com a imprensa com a presença de membros do Comitê Organizador Local, a entidade afirmou que não encontrou indícios para punir o treinador da Seleção.

Dunga corria o risco de ser enquadrado no artigo 57 do Código Disciplinar da Fifa, que indica que "qualquer pessoa que se dirija a alguém de forma ofensiva por gestos ou linguagem, violando a boa conduta, corre o risco de sofrer sanções".

"O Comitê não achou base para abrir uma investigação sobre o treinador brasileiro", disse o porta-voz da Fifa, Pekka Odriozola, nesta terça, em Johannesburgo, na África do Sul.

O episódio se deu com o jornalista da Rede Globo, Alex Escobar. Dunga interrompeu uma resposta, em que falava sobre um pedido da imprensa para tirar Luís Fabiano do time após a estreia diante da Coreia do Norte, ao ver que o profissional balançava a cabeça enquanto falava no celular.

O técnico, então, interpelou diretamente Escobar, perguntando se havia "algum problema" com ele. Depois, pronunciou alguns xingamentos que vazaram no áudio da sala de imprensa.

No ano passado, em um caso semelhante, o argentino Diego Maradona recebeu uma punição e uma multa da entidade depois de ofender jornalistas em entrevista coletiva.

Em outubro de 2009, depois da vitória sobre o Uruguai que classificou a Argentina para a Copa do Mundo, na última rodada das Eliminatórias Sul-Americanas, Maradona ofendeu os profissionais da imprensa presentes na entrevista coletiva, mandando que "chupassem e continuassem a chupar".

A Fifa considerou as palavras grosseiras e puniu o técnico, suspendendo-o por dois meses de qualquer atividade ligada ao futebol, além de aplicar uma multa de 25 mil francos suíços (R$ 36,6 mil). Por causa da punição, Maradona não pôde acompanhar o sorteio dos grupos do Mundial da África do Sul, em dezembro de 2009.

Comentários
Veja Também
MBO_SEGURANÇA_300
FARMÁCIA_CENTROFARMA_300
FORTALEZA
Últimas Notícias
  
LOJA_02
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.