Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 22 de julho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Fidel alerta universitários cubanos sobre risco de uma guerra nuclear

3 Set 2010 - 14h12Por Conjuntura Online

Vestindo o tradicional uniforme militar verde-oliva e aparentando disposição, o ex-presidente de Cuba Fidel Castro, de 84 anos, afirmou hoje (3) aos estudantes da Universidade de Havana que é necessário manter o alerta sobre a ameaça de uma guerra nuclear no mundo. Segundo ele, a humanidade precisa ser salva dos riscos oferecidos pelas armas nucleares. A aula de Fidel aos estudantes ocorreu nas escadarias da universidade.

"É bem conhecido e eu não tenho alternativa a não ser recordar que não estamos mais vivendo a época das cavalarias”, disse Fidel, referindo-se ao poder destrutivo das armas modernas de guerra."A paz com a paz se paga”, afirmou. “Se queres a paz, prepare-se para mudar sua consciência [o modo de pensar].”

Fidel afirmou que os países que mantêm arsenais nucleares devem renunciar a essas armas em benefício da humanidade. De acordo com ele, há duas tarefas que devem ser desempenhadas de forma imediata para alcançar a paz no mundo. A primeira é discutir medidas para evitar o agravamento dos efeitos causados pelas alterações climáticas. O segunda medida é eliminar as armas nucleares.

As informações são do jornal oficial cubano, o Granma, e da Rádio Cuba Internacional, que é uma das estatais do país. No discurso, o líder revolucionário disse que a alternativa para preservar a humanidade está na distribuição justa da riqueza material e espiritual no mundo.

Em seu discurso, Fidel lembrou que os Estados Unidos foram os primeiros a usar armas nucleares para o ataque, quando bombardearam as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki, em 1945, no final da 2ª Guerra Mundial. Segundo ele, os armamentos em disposição hoje no mundo têm um poder de destruição 440 mil vezes maior do que os que destruíram Hiroshima e Nagasaki.

O tema da ameaça de uma guerra nuclear tem sido constante nos discursos de Fidel. Recentemente, ele convocou uma sessão extraordinária na Assembleia Nacional de Cuba para fazer um discurso semelhante. Na ocasião, ele disse que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, era o único capaz de evitar o uso desse tipo de armamento em um conflito.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOENÇA DO SÉCULO
Jovem que se jogou da ponte foi encontrado por pescador
MUITO TRISTE
Adolescente perde luta para o câncer e comove toda cidade
TRAGÉDIA
Neto de empresário de transportes morre atropelado por funcionário
CRUELDADE
Criança que estava desaparecida é encontrada morta. Padrasto confessou o crime
BARBÁRIE
Apos perder filha com câncer professora envolve com drogas e é assassinada
DESEMPREGO
Toyota anuncia fim do terceiro turno e demissões em Sorocaba e Porto Feliz
ABUSO SEXUAL
Famílias de jovens abusados sexualmente em estação fazem acordo com Supervia
NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Lyris ameaça Agno e faz escândalo dizendo que ele é gay
FAMOSIDADES
Mulher de Eduardo Bolsonaro desativa conta no instagram em meio a polêmica com o marido
CONCURSOS
Ao menos 12 órgãos abrem inscrições para preencher quase 800 vagas