SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 19 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
29 de Outubro de 2004 08h52

Festival de Monólogos apresenta mais 7 espetáculos

O 1º Festival Latino Americano de Monólogos, que começou quinta no Teatro Municipal de Dourados com os espetáculos "Inderna de Intão", "Guardados" e "La Suplente", prossegue até domingo com mais sete peças. Hoje, serão encenados os monólogos "A Dama das Margaridas", às 19h30, "Chá de Cadeira", às 20h30 e "Rubens Artaud", às 21h30. Amanhã, a partir das 19h30, o público vai conferir "Il Primo Miraculo", "Micro Revolução de um Ser Gritante" e "Tereza Filosófica". No domingo, o Festival exibe os monólogos "Verdadeiro ou Falso" e será encerrado com o espetáculo "Amigos para Sempre", com a renomada atriz Tônia Carreiro.
Verdadeiro ou Falso, com direção de Marcela Hollanda (Brasília). O espetáculo traz uma mulher que mais do que esperar, busca seu príncipe encantado. Sua longa expectativa revela uma trajetó-ria repleta de situações hilárias e desajeitadas que se sucedem nessa tentativa de livrar-se da imensa solidão.
Chá de Cadeira, com direção de Paulo Rogério Lopes (São Paulo). A peça mostra o Cotidiano tranqüilo de Dona Pasquella é subitamente quebrado quando presenteada com um par de convites para um concerto musical. O que seria apenas uma oportuni-dade de fazer um programa torna-se o estopim para uma série de confusões, suspeitas e revelações, envolvendo o marido que passa mal, o menino que tem que ser meticulosamente cuidado e o próprio público que é acolhido no ambiente da velhinha como um querido confidente de visita.
Il Primo Miraculo, com direção de Roberto Birindelli (Porto Alegre). É uma comédia divertida e inteligente, que parte da história bíblica para satirizar os valores atuais da sociedade. O ser humano confrontado com ele mesmo, no momento que busca, de forma descontraída, suas raízes mais profundas. Num espaço de proximidade, ator e espectadores empreenderão um flash-back alegó-rico aos primeiros anos da vida de Cristo. A Fina ironia de Dario Fo ( prêmio nobel de literatura 1997) estabelece uma parábola cômica e sarcástica da infância de Jesus, onde temas como o poder, a segregação racial, a fome e o exílio aparecem nas entrelinhas de uma engraçada seqüência de episódios históricos.
A Dama das Margarida, com direção de Lourival Andrade Jr. (Santa Catarina). Trata-se da história de Alva, uma atriz que na década de sessenta após sofrer algumas desilusões, resolve se enclausurar para fugir da sociedade e de seus problemas. Cria seu pró-prio mundo, transformando sua vida em frases feitas e se apropriando de seus personagens para tentar preen-cher sua identidade que já não existe e fugir da realidade que a cada mo-mento insiste em confrontá-la. Alva se utiliza de alguns personagens que já interpretou para ilustrar e contar sua história.
Rubens/Artaud, com direção de Dagoberto Pedroso (Campo Grande). O espetáculo é um resgate da trajetória do ator sul-mato-grossense, Rubens Corrêa, que durante algumas temporadas, incorporou as atitudes e as visões do escritor/ator francês Antonin Artaud, grande encenador que levou ao extremo o conflito Loucura/Sanidade. Num ambiente imaginário, a ação é composta por meio de um tempo subjetivo, onde diversos personagens desfilam diante da platéia. Composto através de ele-mentos tirados do surrealismo e do teatro da crueldade, o monólogo busca envolver o público através de uma provocação constante, revelan-do os dois universos através de um terceiro personagem que dá voz aos argumentos, dúvidas e perplexidade aos personagens título.
Micro Revolução de Um Ser Gritante (São Paulo). Espetáculo solo inspirado no texto "A Paixão Segundo G.H." obra de Clarice Lispector, foi desenvolvido durante o processo de pes-quisa do projeto solos do Brasil, sob coordenação artística de Denise Stoklos. Trata-se da história é de uma mulher sozinha em seu apartamento de cobertura. Um ser integro e organizado dentro de um terreno conhecido. Uma revolução íntima começa sutilmente a volver camadas internas há muito sedimentadas. Os alicerces cedem e o mundo conhecido parece esfacelar-se. O embate cruel será o permanente risco que implica cada escolha, a cada mo-mento. A afirmação do desejo ou a desistência que se faz a cada gesto.
Tereza Filosófica, com direção de Miguel Blásica (Bolívia). O espetáculo aborda o universo feminino a partir de situações ex-tremas, explorando as reações de uma mulher comum ante o sofri-mento e a frustração. A história narra a vida de Teresa, interpretada por Cláudia Ossio, que logo depois da morte do marido e filho, se diri-ge ao deserto, empreendendo um longo caminho e buscando respostas às interrogações de sua própria existência. No deserto é tentada por outra parte de si mesma, personifi-cada na figura demoníaca de Ana-phelles. Ao continuar a caminhada, entre as recordações da infância e a presença de um amante furtivo di-versas circunstâncias a impedem de tomar uma decisão.

ENCERRAMENTO
Em Amigos Para Sempre Tonia fala de sua própria vida e carreira, por intermédio de lembranças de seus grandes amigos. Remexendo em seu baú, elaborou junto com Luiz Arthur Nunes, um roteiro mesclando trechos de obras de Carlos Drummond de Andrade, Rubem Braga, Clarice Lispector, Nélida Pinon, alguns de seus ilustres amigos, com as memórias, os "causos" que evocam os amigos com carinho e calor.
 
Dourados Agora
Comentários
Veja Também
LÉO_GÁS_300
MBO_SEGURANÇA_300
REINO_MATRÍCULAS_2017
Últimas Notícias
  
FARMÁCIA_CENTROFARMA_300
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.