MEGA_OKA_CARROS_
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 22 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
10 de Setembro de 2004 09h56

Ferrugem asiática atinge 80% das áreas de soja em MS

A produção de soja na safra 2004/05, que deve superar 60 milhões de toneladas, resultado bem acima da colheita de 49,7 milhões de toneladas da safra 2003/04, poderá ser prejudicada novamente pela praga da ferrugem asiática. A informação é da CNA (Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil), estimando que 80% das áreas cultivadas com soja no Brasil estão contaminadas com o fungo da ferrugem que na safra passada provocou prejuízos de US$ 2 bilhões e quebra de 5 milhões de toneladas.

O presidente da Aprossul (Associação dos Produtores de Sementes de Mato Grosso do Sul), Carmélio Roos, estima que no Estado pelo menos 80% da área cultivada com soja também está contaminada. No entanto, conforme ele, não teve quebra nas lavouras de soja em Mato Grosso do Sul em virtude da estiagem, já que o fungo precisa de umidade para se desenvolver.

As lavouras que atingiam produtividade (recorde no mundo) de 2,8 mil quilos por hectare tiveram média de 2,4 mil quilos no último verão devido à doença. Segundo a CNA, muitos produtores não tiveram acesso à tecnologia e não puderam aplicar fungicidas para combater o problema. Além disso, a oferta de produtos químicos não foi suficiente para a demanda, o que elevou o custo da aplicação de R$ 120 para R$ 240 por hectare.

Em reunião na CNA, as empresas que fabricam fungicida contra a ferrugem disseram que a oferta será suficiente para a demanda na nova safra. No entanto, a CNA estima que serão necessários 26 milhões de litros de fungicida para que sejam feitas duas aplicações durante o ciclo das lavouras, já que na safra passada os produtores fizeram uma só aplicação de fungicida, e a demanda foi de 16 milhões de litros.

 

Mídia Max

Comentários
Veja Também
Nossa_Lojas
FORTALEZA
FÁBRICA_CALÇADOS
Últimas Notícias
  
LÉO_GÁS_300
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.