Menu
SADER_FULL
segunda, 22 de julho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Fecomércio MS é pela investigação de denúncias de corrupção

9 Out 2010 - 11h10Por MS Notícias

Integrante do Fórum Permanente contra a corrupção, instância criada pela OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional de Mato Grosso do Sul) para cobrar a elucidação de denúncias de corrupção em Mato Grosso do Sul, a Fecomércio MS (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul), entende que é fundamental que toda a sociedade acompanhe as investigações e esteja a par dos resultados.

O consultor sindical da entidade, Fernando Camilo, ressalta que o comércio é um setor sensível a toda movimentação econômica e política. “A aplicação dos recursos públicos diz respeito a toda sociedade e nos afeta diretamente, porque o plano de investimentos do governo é desenvolvido dentro de um contexto de necessidades do Estado e dos municípios”, avalia.

O investimento correto do dinheiro público, seja na área de infra-estrutura ou social, melhora a qualidade de vida da população e isso se traduz no movimento do comércio, considerado termômetro da economia. Para Fernando Camilo, é papel das entidades representativas de classe acompanhar todo o processo para que a sociedade seja esclarecida sobre o que realmente procede das denúncias em apuração.

Nesta semana houve a segunda reunião do Fórum para tratar da peça publicitária que será divulgada na mídia do Estado. Ficou definida que a marca do movimento será "Corrupção mata". "A corrupção tira dinheiro da saúde, da educação e também mata as esperanças do povo", explicou o presidente da OAB/MS, Leonardo Duarte. "Mata o desenvolvimento de um modo geral", resumiu Fernando Camilo.

Representantes das entidades que integram o movimento capitaneado pela OAB irão se reunir todas as quartas-feiras na sede da Ordem para definir as estratégias de mobilização. A primeira reunião ocorreu no dia 29 de setembro, quando foi redigida uma carta aberta à sociedade.

Além da Fecomércio MS, manifestaram apoio à Comissão de Acompanhamento das Denúncias de Investigação, o Conselho Regional de Engenharia, Agronomia e Arquitetura, Conselho Regional de Odontologia, Federação da Agricultura de Mato Grosso do Sul, Conselho Regional de Economia de Mato Grosso do Sul, Conselho Regional de Medicina Veterinária, Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso do Sul, Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul, Câmara de Dirigentes Lojistas de Mato Grosso do Sul e Conselho Regional dos Corretores de Imóveis da 14ª Região.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOENÇA DO SÉCULO
Jovem que se jogou da ponte foi encontrado por pescador
MUITO TRISTE
Adolescente perde luta para o câncer e comove toda cidade
TRAGÉDIA
Neto de empresário de transportes morre atropelado por funcionário
CRUELDADE
Criança que estava desaparecida é encontrada morta. Padrasto confessou o crime
BARBÁRIE
Apos perder filha com câncer professora envolve com drogas e é assassinada
DESEMPREGO
Toyota anuncia fim do terceiro turno e demissões em Sorocaba e Porto Feliz
ABUSO SEXUAL
Famílias de jovens abusados sexualmente em estação fazem acordo com Supervia
NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Lyris ameaça Agno e faz escândalo dizendo que ele é gay
FAMOSIDADES
Mulher de Eduardo Bolsonaro desativa conta no instagram em meio a polêmica com o marido
CONCURSOS
Ao menos 12 órgãos abrem inscrições para preencher quase 800 vagas