Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 23 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

FCO delibera mais R$ 99,9 milhões em financiamentos

24 Abr 2007 - 17h19
Os membros do Conselho Estadual do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (Ceinf/FCO) aprovaram hoje (24), durante reunião extraordinária na Secretaria de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo (Seprotur), a liberação de R$ 99.938.423,83 entre os 20 projetos de financiamento apresentados. Quatro cartas-consulta devem ter suas informações complementadas para a próxima reunião e apenas um pedido foi negado.

        Entre os pedidos muitos são de alta representatividade, principalmente para os municípios do interior. Em Itaquiraí, por exemplo, serão implantados dois projetos sendo um no segmento rural e outro empresarial. A empresa Textipan, que fabrica e comercializa elástico para a indústria de confecções, com sede em Jaraguá do Sul/SC, decidiu implantar uma filial no município.  O projeto prevê investimentos de R$ 5,4 milhões com a geração de 67 empregos, e  capacidade instalada de produção  de 720 toneladas/ano de elástico.

 

          Também em Itaquiraí será construído um armazém com capacidade para seis mil toneladas de grãos, suprindo dessa forma  a carência dos produtores locais. O valor do projeto é de R$ 412 mil.  

 

          Já na região leste do Estado, em Aparecida do Taboado, outro projeto foi aprovado para a cultura da seringueira, em propriedade rural que desenvolve sistema de irrigação na produção. O pedido atendido é de R$ 399 mil.  Embora ainda em fase de introdução em Mato Grosso do Sul, a cultura vem despertando o interesse de empreendedores.

 

         O município de Bonito, região conhecida nacionalmente pelo potencial turístico,   foi atendido com a implantação de uma filial de empresa que atua na revenda de peças para máquinas agrícolas e produtos agropecuários. O investimento de R$ 388 mil deve gerar oito novos postos de trabalho.

 

         No setor de embalagens de papel foi beneficiada uma empresa que nos últimos anos apresentou um crescimento significativo nas metas de produção tendo, inclusive, sua sede atual mudada para o pólo empresarial-norte, em Campo Grande. O projeto de R$ 762 mil destina-se a ampliação da capacidade de produção que atualmente gera 100 empregos diretos. A indústria destina 30% da produção para o mercado sul-mato-grossense, comercializando o restante entre as regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul do país.

 

        Em Rochedo, município localizado a 82 quilômetros da capital, será ampliada e modernizada uma agroindústria de abate e industrialização de carne bovina, que passará a comercializar seus produtos também para outras unidades da federação, mediante a implantação do Serviço de Inspeção Federal no local. Com o investimento de R$ 490 mil, a empresa passa a gerar 48 empregos diretos.   

 

        Entre os municípios beneficiados estão Campo Grande, Jardim, Chapadão do Sul, Rochedo, Itaquiraí, Naviraí, Aparecida do Taboado, Ribas do Rio Pardo, Paranhos, Camapuã, Sete Quedas, Iguatemi, Água Clara e Anaurilândia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO - TV
Ator Caio Junqueira morre no Rio uma semana após acidente
ANJO DA GUARDA
Amigo dá lar a mulher que viveu 40 anos internada no HC
MAMATA
General corta contratinho de R$ 30 milhões para manter jornalistas no exterior
PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física