Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 16 de junho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Fazendeiro é autuado por exploração ilegal de madeira

18 Set 2010 - 10h14Por
Policiais Militares Ambientais de Rio Negro, durante fiscalização nas propriedades rurais no município de Corguinho autuaram ontem à tarde Pedro Manetta, proprietário da Fazenda Santa Terezinha.

Ele havia derrubado em sua propriedade 09 árvores das espécies “cajarana” e “sucupira” para exploração da madeira sem autorização ambiental. A madeira foi apreendida e Pedro foi autuado administrativamente e multado em R$ 2.700,00. O autuado responderá por crime ambiental e, se condenado, poderá pegar pena de 06 meses a 01 ano de detenção.

Na fazenda os policiais perceberam também que o proprietário rural desfez várias leiras sem autorização ambiental. A lei Estadual 90 de 1980 prevê que quem realiza desmatamento deve fazer a conservação do solo. Uma das formas previstas na legislação é o enleiramento em nível. Isto porque, mesmo após a retirada da lenha das leiras, fica uma faixa alta de terreno, onde cresce vegetação, funcionando como uma curva de nível para evitar carreamento de sedimento e erosão. Ao retirar estas leiras o solo perde a proteção exigida em lei. Por este motivo, Pedro foi novamente autuado e multado em 60 UFERMS, que corresponde a R$ 847,80.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
VENENOSA
Agricultor é picado por cobra jararaca
FORÇA DE VONTADE
Advogado que pedia emprego na rua é contratado e ganha pós-graduação
CASO DE POLÍCIA
Filho mata a mãe e rouba seu cartão para comprar cocaína
EQUIPARADO AO RACISMO
Agora Homofobia é crime, STF criminaliza
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos com depressão comete suicídio e choca cidade
REVOLTANTE
Filho é preso por ficar com aposentadoria e manter pais idosos morando em situação de miséria
BARBÁRIE
Nus e amarrados, corpos de três jovens são encontrados mortos em matagal