Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 19 de julho de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Fazendas de Beira-Mar devem ser destinadas à reforma agrária

6 Jul 2007 - 05h30

Duas fazendas localizadas em Goiás que pertenciam ao traficante Fernandinho Beira-Mar devem ser destinadas à reforma agrária. As propriedades, que originalmente estavam no nome de laranjas, tinham sido transferidas para o governo federal.

As fazendas ficam no município de Paraúna, a 155 quilômetros de Goiânia, e têm, juntas, 750 hectares. A Secretaria Nacional Antidrogas e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) devem firmar um acordo para desapropriação das terras.

Segundo o procurador-chefe do Incra em Goiás, Noemir Brito Oliveira, as terras devem ser avaliadas e, depois, o instituto deve encaminhar uma proposta de compra para o governo federal.

A assessoria de imprensa do Incra informa que, como as fazendas pertenciam a um traficante, é necessário fazer uma proposta de compra formal ao governo. A legislação prevê que o dinheiro usado na negociação desses bens seja encaminhado para programas antidrogas.

A proposta do Incra deve ficar pronta em 40 dias.

 

G1

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINA SENDO REPRESENTADA NO RJ
Vicentina será representada no Internacional de Masters South América de Jiu-jitsu no Rio de Janeiro
POLITICA
'Falar que passa-se fome no Brasil é uma grande mentira', afirma Bolsonaro
NOVELA GLOBAL
Maria da Paz se recusa a enxergar caráter de Josiane em 'A dona do pedaço'
REGIME SEMIABERTO
Goleiro Bruno deve sair da cadeia no fim da tarde desta sexta-feira
CASO RARO
Bezerro de seis patas chama atenção moradores de Santa Helena – Veja Vídeo
MONSTRUOSIDADE
Vizinho é preso suspeito de estuprar e estrangular menina de 8 anos
CASA PRÓPRIA
Recurso de R$ 1 bilhão é destinado ao Minha Casa, Minha Vida
VIDA SAUDÁVEL
Homem mais velho do Brasil falece no Rio de Janeiro
BASTA DE IMPRUDÊNCIA
Enlutada pelas mortes, população deixa faixa contra imprudência na PR-082
VIOLENCIA
Motorista atropela manifestantes do MST e mata um idoso