Menu
SADER_FULL
RIO_DOURADOS
Busca
SUCURI_MEGA
Brasil

Faltam remédios para transplantados no Estado

14 Ago 2004 - 09h47
Cerca de 380 pacientes transplantados de Mato Grosso do Sul estão sem medicamentos importantes para evitar rejeição nos transplantes de rim, fígado e coração.

Os remédios que estão em falta são o “Cell cept” e o “Progaf”, que eram entregues pela Casa da Saúde, em Campo Grande. O custo de cada medicamento é, em média, mais de mil reais a caixa. De acordo com o presidente da Associação dos Renais Crônicos e Transplantados (Recromassul), Gesilvado Carlos, está sendo feita alteração do “Progaf” pelo “Cicrosporina”.

“Quem é medicado com o “Progaf”, geralmente o organismo não aceitou o “Cicrosporina”.

Outro problema que afeta quem ainda faz hemodiálise é o “Hemax” , que já está acabando, segundo o presidente da Recromassul. Aqui no Estado, são mais de mil pacientes na fila da espera por transplante.

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde, os remédios devem ser entregues na semana que vem. “Para quem precisa de dois comprimidos por dia, a espera pode ser comprometedora”.
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

Post Polêmico
Caio Blat cria polêmica na Web com post e é chamado de machista por Maria Casadeval
Famosidades
Tratando de um câncer, Mr. Catra perde 35 kg
Novela Global
Fabiana é presa no fim de 'O outro lado do paraíso'
O Apocalipse
Anticristo leva ‘Apocalipse’ à vice-liderança na audiência
Maniaco Sexual
Homem é preso por abusar sexualmente de menina que queria adotar
Lava Jato
Ministros do STF admitem possibilidade de soltura e candidatura de Lula
Brincadeira Fatal
Tragédia: bebê morre esmagado durante brincadeira com carro da família
Execução
Homem tenta correr, mas é executado no meio da rua
Acerto de Contas
Homens falam que são policiais e matam jovem com 45 tiros
Famosidades
Lívia Andrade abre o jogo e diz que gostaria de ser a Hebe Camargo