MEGA_OKA_CARROS_
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 17 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
30 de Outubro de 2004 07h22

Falta palhada para o plantio no Estado

De acordo com a previsão da Companhia Nacional de Abastecimento, Mato Grosso do Sul deve colher 4,8 milhões de toneladas de soja na próxima safra. O plantio já começou, mas os produtores enfrentam alguns problemas. Quem optou pelo plantio direto ainda sofre os efeitos da estiagem, pois está faltando palha.

 

O plantio é feito de duas formas. No método convencional, o solo é cultivado mecanicamente para receber a semente e o adubo. No plantio direto não é necessário nada disso porque existe uma técnica que ajuda a proteger o solo contra a seca, que é a palhada. Esse sistema é usado pela maioria dos produtores de Mato Grosso do Sul.

 

A palhada mantém o solo úmido por mais tempo e evita a proliferação de ervas daninhas. As erosões ocorrem com menos freqüência nos terrenos onde há esse tipo de cobertura morta formada por folhas e palhas. O problema é que a estiagem prolongada prejudicou a formação de palhada nas propriedades que estão fazendo o plantio direto.

 

Para formar uma boa palhada, o produtor tem que seguir algumas técnicas, como fazer a rotação de culturas e alternar períodos com a agricultura e criação de gado.

 

O plantio da soja começa oficialmente no mês de outubro, mas alguns produtores estão demorando para começar os trabalhos. Esperam mais chuva para deixar o solo em melhores condições de plantio.

 

De acordo com a Associação dos Produtores de Sementes do Estado, os agricultores de soja cultivaram, até agora, apenas 5% da área destinada ao plantio.
 
TV Morena
Comentários
Veja Também
BANNER_LATERAL_ASSOMASUL
LIMIT ACADEMIA_BOTTON
REINO_MATRÍCULAS_2017
Últimas Notícias
  
FORTALEZA
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.