Menu
SADER_FULL
segunda, 12 de novembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Falta de leitos no SUS impede transplante de medula

14 Jun 2010 - 15h38

A falta de leitos hospitalares no Sistema Único de Saúde (SUS) dificulta a expansão dos transplantes de medula no País, apesar do crescimento do número de potenciais doadores. Atualmente, 89 pacientes que já encontraram doador compatível aguardam na fila em razão da falta de infraestrutura adequada de atendimento. Para amenizar o problema, o Ministério da Saúde promete liberar R$ 15 milhões para a implantação de 80 novos leitos em todo o Brasil dentro de um ano, segundo informou a pasta.

O número de potenciais doadores de medula óssea no Brasil subiu de 40 mil, em 2003, para 1,6 milhão, em 2010. O Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome) já é o 3º maior banco do gênero no mundo e está integrado com o Banco de Sangue de Cordão Umbilical e Placentário. Com isso, as chances de portadores de doenças como leucemia, linfoma e anemia grave encontrarem um doador de medula não-aparentado minimamente compatível subiu de 10% para 74%. "Quanto mais rápido se encontra o doador, maior se torna a demanda por leitos", explica o secretário de Atenção à Saúde, Alberto Beltrame.

Hoje existem 350 leitos no País e 61 hospitais que realizam transplante de medula - a maioria nas Regiões Sudeste e Sul. "Pretendemos ampliar a oferta onde já há leitos, mas também criar novos centros onde hoje não há nenhum, como no Norte e Nordeste", afirma Beltrame. "Espero que, colocando à disposição os recursos, em cerca de um ano os leitos estejam funcionando."

Mas criar um novo leito de transplante não se resume a construir um apartamento com uma cama. Para Luis Fernando Bouzas, diretor do Centro de Transplante de Medula Óssea do Instituto Nacional de Câncer (Inca), a falta de recursos humanos é um obstáculo ainda maior que a falta de infraestrutura física. "No ano passado, o Ministério da Educação autorizou a residência médica em transplante de medula óssea, o que foi importantíssimo. Com o aumento no número de leitos, vai aumentar a demanda por médicos especializados. Sem eles essas unidades não evoluem", diz Bouzas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Susana Vieira está com leucemia, mas a doença está controlado, diz assessoria
NOVELA GLOBAL
Marina Ruy Barbosa é a heroína de 'O sétimo guardião': 'Luz foge do tradicional'
CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concursos oferecem mais de 1 mil vagas e salários de até R$ 6,6 mil no MS
NOVA EQUIPE
Bolsonaro intensifica processo de transição esta semana em Brasília
ESPORTE EM TOUROS
VÍDEO: Peão de MS morre após ser pisoteado por touro em rodeio no interior de SP
ULTIMO CAPITULO
Globo exibe último capítulo de Segundo Sol e assunto bomba
DE GLÓRIA DE DOURADOS PARA O MUNDO
Ana Karla é convidada especial da Hyundai para um talk show neste sábado em São Paulo
1ª INDIGENA NO GOVERNO
Índia da equipe de Jair Bolsonaro já atuou com Cauã Reymond e foi moradora de rua
FINAL DE NOVELA
Valentim beija Rosa em gravação que vai ao ar no fim de 'Segundo sol'; veja mais detalhes