Menu
SADER_FULL
terça, 26 de março de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Falta de chuvas faz país utilizar mais energia das termelétricas

21 Out 2010 - 05h59Por Agência Brasil

Atualmente as usinas termelétricas são responsáveis pela geração de 12,34% do total da energia elétrica produzida no país, de acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). No mesmo período do ano passado, o registrado foi de 2,26%.

O Informativo Preliminar Diário da Operação, divulgado diariamente pelo ONS, mostra que as usinas térmicas estão gerando 6.891 megawatts médios, contra 1.185 megawatts médios registrados no ano passado. A maior parte da energia utilizada no país vem de usinas hidrelétricas (85,33%), 2,17% são de usinas nucleares e 0,16% de usinas eólicas.

No Brasil, as usinas térmicas são colocadas em operação para dar segurança ao sistema elétrico, que utiliza prioritariamente energia gerada por hidrelétricas. Quando o nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas está abaixo do esperado, o acionamento das térmicas aumenta.

O nível dos reservatórios nas regiões Sudeste e Centro-Oeste está em 45,85% da capacidade total, segundo o ONS. Em outubro do ano passado, esse percentual estava em 69,16%. Na Região Norte, que tem recebido o excedente de energia produzida no Sul e no Sudeste, os reservatórios estão com 39,25% da capacidade, contra 47,09% em outubro do ano passado.  

Na semana passada, o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) decidiu manter a geração de energia por termelétricas a gás, mesmo com o aumento das chuvas dos últimos dias. “Com esses níveis atuais, não se despacha mais [térmicas] nem se desliga. No ano passado, nesta época do ano, estava chovendo mais, e não estávamos com mais térmicas ligadas”, explicou o ministro de Minas e Energia, Márcio Zimmermann.

Os custos com o acionamento extra de térmicas para manter as metas dos reservatórios das usinas hidrelétricas do país podem chegar a R$ 500 milhões até o fim do ano, segundo o diretor geral do ONS, Hermes Chipp. No ano passado, com o período de estiagem menor, o gasto com o sistema de segurança foi de R$ 130 milhões.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATIMA DO SUL - JULIFRAN
Julifran Restaurante promete chopp grátis a cada gol de Borja sobre Novorizontino
BONITO - MS - AGÊNCIA BONITO ECO TOUR
Faça o que lhe faz bem! Viaje para Bonito MS!
CIUMES
Marido vê foto de outro no celular e agride mulher na cabeça e a joga para fora do carro
ORAÇÕES
Estado de saúde de Cláudia Rodrigues (a diarista) é grave
PAULISTÃO IV
“Hoje foi realmente a estreia do São Paulo”, diz Mancini após vitória
PAULISTÃO III
Carille vê Corinthians abaixo: “Fomos premiados com o empate”
PAULISTÃO II
Com falha e ‘milagre’ de Prass, Palmeiras busca empate com gol de estreante
PAULISTÃO
Santos aproveita falhas do Red Bull e abre boa vantagem no Pacaembu
MOSTRA MONITORAMENTO
Caminhoneiros se mobilizam para nova paralisação
CRIME NA MADRUGADA
Mulher é brutalmente assassinada; carro foi visto deixando o local