Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 19 de março de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Fabrica de cachaça é inaugurada em Nova Andradina

27 Out 2004 - 08h49
O município de Nova Andradina passou a contar nos últimos dias com a Industria de Cachaça Du Vale com uma produção inicial de dez mil litros mês. De acordo com Maria do Carmo responsável pela industria, sua fabricação está sob a responsabilidade de uma equipe que mantém cuidados rigorosos, utilizando altos padrões de controle técnico, manuseio e higiene, com o objetivo de fornecer ao consumidor uma bebida fina, de qualidade garantindo paladar suave e sabor puro. A fermentação é natural e a destilação é feita em alambiques de cobre, onde é apurada somente a parte nobre do destilado (o coração).

Inicialmente são cinco produtos fabricados pela Du Vale, sendo cachaça composta com canela, cravo, carvalho, canela e a branca, além da fabricação da pinga em corote e cantil (embalagem de bolso).

De acordo com a empresaria é preciso persistência para realizar o seu sonho, e foi isso que aconteceu, depois de dois anos de intenso estudo a industria esta operando com e dentro em breve os nossos produtos estarão em todos os estabelecimentos para a apreciação dos consumidores que apreciam uma boa cachaça.
 
 
 
Ivinhema News

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSÉDIO SEXUAL
Homem é morto a tiros após assediar mulher casada
FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
INTERNADO
Criança de 4 anos cai em poço de cinco metros de profundidade
RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos
TRAGÉDIA EVITADA
Garoto de 11 anos leva faca na mochila para matar colega no ônibus escolar
ALERTA AOS PAIS
Menino de quatro anos corta os pulsos em Goioerê e pode ser influência da Momo