Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 22 de maio de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Fábrica absorve produção de goiaba e abacaxi de Ivinhema

16 Mar 2007 - 10h27
O projeto de fruticultura implantado pela Prefeitura de Ivinhema ganhou mais um incremento nesta semana. Uma fábrica de exportação de Bataguassu mostrou interesse em absorver toda a produção de goiaba e abacaxi que está sendo produzida no município.

Os produtores estiveram visitando a empresa e ficaram satisfeito com as propostas, principalmente porque é mais uma garantia de mercado.

Ronaldo Manzan, que trabalha com os produtores de Ivinhema no plantio de goiaba e abacaxi, intermediou a visita junto à fábrica Refricon Vegetable Foods. Ele esteve acompanhado do secretário de Agricultura, João Tavechio; do técnico do Idaterra, Valdecir Sebastião; do presidente da Cooperavi, José Lúcio Neto; do vereador Dalgomir Buraqui; do diretor da Fundação de Meio Ambiente, Paulo Tamanini e líderes rurais das glebas.

As autoridades e produtores foram recepcionados pelo gerente geral da Refricon, Honório Eidi Yoshino, que mostrou toda a estrutura da fábrica.

Ele se prontificou em fechar parceria com Ivinhema visando à compra da produção de goiaba e abacaxi, que está sendo implantada no município através da atual administração. Este projeto de fruticultura tem como objetivo a diversificação com o fortalecimento da agricultura familiar e a geração de emprego e renda.

Honório informou que no próximo mês vai chegar mais uma máquina, importada da Argentina, ao valor de R$ 1,5 milhão, para trabalhar com frutas em compotas. Hoje, a empresa já está exportando para várias partes do Brasil, e com esta nova máquina e a produção de Ivinhema, quer expandir ainda mais os negócios, principalmente para a Europa. Esse novo maquinário já entra em funcionamento no mês de junho.

Com duas unidades localizadas estrategicamente em Bataguassu (MS) e Itapecerica da Serra (SP), a Refricon está no mercado há 14 anos, exportando e fornecendo para o mercado nacional produtos minimamente processados, in-natura selecionado e em conserva para as principais redes de Fast Food, como a McDonald´s e Buger King.

“Nosso objetivo é nos tornar líder no fornecimento de vegetais prontos para o consumo com alto valor agregado, para o mercado de food service, cozinhas, indústrias e hospitais, com qualidade reconhecida internacionalmente, aproveitando-se das vantagens competitivas que o Brasil oferece”, disse Honório Eidi.

A Refricon conta com linhas de processo de altíssima tecnologia, compostas de equipamentos de última geração provenientes do Japão, Estados Unidos, Austrália e Alemanha, complementadas com equipamentos nacionais da mais alta qualidade. A empresa mantém uma cadeia de frios dentro dos mais rigorosos padrões de qualidade, desde a captação da matéria-prima até a entrega do produto final.

Contando com a parceria de produtores rurais, a Refricon garante a aquisição do volume contratado e também o preço previamente acordado, assegurando assim o abastecimento dos clientes. A unidade da refricon em Bataguassu processa conservas alimentícias como pepino fatiado e picado, mini pepinos cornichon, molhos, soja e amendoim, e agora vai investir em goiaba e abacaxi com o novo equipamento que está chegando da Argentina.
 
 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DICAS - TECNOLOGIA
Como usar o Whatsapp para impulsionar os negócios
FURIA ASSASSINA
Homem invade igreja e mata três após esfaquear ex-namorada
BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Os lugares mais belos do Rio Sucuri em Bonito Mato Grosso do Sul!
FAMOSIDADES
Com quadro de AVC, Agnaldo Timóteo é internado na Bahia
MONSTRUOSIDADE
Pai bate em bebê até a morte por ela ter nascido menina
HOMICIDIO - MISTÉRIO
Filho de 9 anos encontra pai morto no banheiro de casa
REENCONTRO
Filhos reencontram mãe em asilo depois de 54 anos
EXPLORAÇÃO SEXUAL
Casal é preso por abusar sexualmente de 14 adolescentes, atraídos por emprego
LESÃO CORPORAL
Com ciúmes, mulher queima marido com ferro de passar
FORAGIDOS
Homens encapuzados incendeiam ônibus do transporte coletivo