Menu
SADER_FULL
sábado, 22 de setembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Exportações superam US$ 1 bilhão nos primeiros cinco meses em MS

14 Jun 2010 - 13h14Por Diário MS
As exportações continuam em franca ascensão em Mato Grosso do Sul. Conforme dados da Balança Comercial Brasileira por município, divulgada pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, de janeiro a maio, no acumulado deste ano, de janeiro a maio, o volume de negócios com o mercado internacional já alcançou US$ 1.000.006.528, ou seja, aumento de 55% comparado aos US$ 644.489.358 exportados em igual período do ano passado no Estado.
Os números do Ministério do Desenvolvimento mostram ainda que no mês de maio as exportações sul-mato-grossenses aumentaram em 75% comparadas ao mesmo período do ano passado. São US$ 304.935.551 em negociações internacionais contra US$ 173.958.537 em maio do ano passado. A média diária de exportações passou de US$ 8.697.927 a US$ 14.520.741. O Estado passa de 1,45% a 1,72% no índice de participação nas exportações brasileiras.

PRODUTOS

A soja continua o sendo o principal produto de exportação de MS. De janeiro a maio deste ano, o volume de negócio da oleaginosa com o mercado externo atingiu US$ 257,7 milhões e guardam larga distância do segundo principal produto, a carne bovina, com negócios de US$ 156,5 milhões. O volume de negócios envolvendo a soja supera em 59,2% o dos primeiros cinco meses do ano passado, conforme dados do Ministério do Desenvolvimento.
No caso da carne bovina, a reação é de 29,6%. Em terceiro lugar dentre os produtos mais vendidos ao exterior está a celulose, que totalizou US$ 116,8 milhões. Em quarto lugar na balança, os minérios apresentaram reação de 171% e atingiram a marca de US$ 87,3 milhões.

BRASIL

No acumulado de 2010, as exportações brasileiras totalizaram US$ 72,093 bilhões, com média diária de US$ 706,8 milhões, cifra 28,7% maior que a verificada no mesmo período de 2009, de US$ 549,3 milhões.
Em maio, a média diária das exportações totalizou US$ 843,0 milhões, representando alta de 40,7% em relação a igual período de 2009. Já em comparação a abril deste ano, o aumento foi de 11,2%.

IMPORTAÇÃO

Quanto às importações, um novo baque, com redução de 32% em maio deste ano em comparação ao mesmo período de 2009. As compras do Estado estão voltadas principalmente ao gás natural boliviano e a redução de importação do combustível vem afetando a arrecadação do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). No acumulado dos cinco primeiros meses, as importações chegam a US$ 1.180.675.821, queda de 5,43% em relação ao ano anterior.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSALTANTE
Preso confessou que matou a ex em cela da cadeia
DISPUTA ACIRRADA
Nova pesquisa mostra empate técnico entre Haddad e Bolsonaro
SELEÇÃO BRASILEIRA
Gabriel Jesus retorna para a Seleção
LOTERIA
Mega-Sena acumula novamente e pode pagar prêmio de R$ 22 milhões
HORÁRIO DE VERÃO 2018
Horário de Verão pode ser extinto em todo território nacional
EDUCAÇÃO
‘Desejo continuar com a minha profissão, mas temo pela minha vida’, diz professor agredido em aula
SOB INVESTIGAÇÃO
Jovem é encontrada morta dentro do quarto e esposo está desaparecido
MORTE NO DETRAN
Jovem sofre parada cardíaca durante prova para tirar CNH
REALITY SHOW
‘A fazenda’: conheça os 16 participantes da nova edição
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta é presa por causa de armação de Luzia