Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 22 de abril de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Exportações superam US$ 1 bilhão nos primeiros cinco meses em MS

14 Jun 2010 - 13h14Por Diário MS
As exportações continuam em franca ascensão em Mato Grosso do Sul. Conforme dados da Balança Comercial Brasileira por município, divulgada pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, de janeiro a maio, no acumulado deste ano, de janeiro a maio, o volume de negócios com o mercado internacional já alcançou US$ 1.000.006.528, ou seja, aumento de 55% comparado aos US$ 644.489.358 exportados em igual período do ano passado no Estado.
Os números do Ministério do Desenvolvimento mostram ainda que no mês de maio as exportações sul-mato-grossenses aumentaram em 75% comparadas ao mesmo período do ano passado. São US$ 304.935.551 em negociações internacionais contra US$ 173.958.537 em maio do ano passado. A média diária de exportações passou de US$ 8.697.927 a US$ 14.520.741. O Estado passa de 1,45% a 1,72% no índice de participação nas exportações brasileiras.

PRODUTOS

A soja continua o sendo o principal produto de exportação de MS. De janeiro a maio deste ano, o volume de negócio da oleaginosa com o mercado externo atingiu US$ 257,7 milhões e guardam larga distância do segundo principal produto, a carne bovina, com negócios de US$ 156,5 milhões. O volume de negócios envolvendo a soja supera em 59,2% o dos primeiros cinco meses do ano passado, conforme dados do Ministério do Desenvolvimento.
No caso da carne bovina, a reação é de 29,6%. Em terceiro lugar dentre os produtos mais vendidos ao exterior está a celulose, que totalizou US$ 116,8 milhões. Em quarto lugar na balança, os minérios apresentaram reação de 171% e atingiram a marca de US$ 87,3 milhões.

BRASIL

No acumulado de 2010, as exportações brasileiras totalizaram US$ 72,093 bilhões, com média diária de US$ 706,8 milhões, cifra 28,7% maior que a verificada no mesmo período de 2009, de US$ 549,3 milhões.
Em maio, a média diária das exportações totalizou US$ 843,0 milhões, representando alta de 40,7% em relação a igual período de 2009. Já em comparação a abril deste ano, o aumento foi de 11,2%.

IMPORTAÇÃO

Quanto às importações, um novo baque, com redução de 32% em maio deste ano em comparação ao mesmo período de 2009. As compras do Estado estão voltadas principalmente ao gás natural boliviano e a redução de importação do combustível vem afetando a arrecadação do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). No acumulado dos cinco primeiros meses, as importações chegam a US$ 1.180.675.821, queda de 5,43% em relação ao ano anterior.

Deixe seu Comentário

Leia Também

100 LUZ
Giselle Itié lamenta a morte de outro ex-namorado em apenas três meses
CENSURADO
Video com ataques de Olavo a Militares é excluido das Redes de Bolsonaro
DOENÇA DO SÉCULO
Yasmim Gabrielle, do ‘Programa Raul Gil’, se suicida após depressão
FATALIDADE
Bebê morre após ser esquecida pelo pai por três horas dentro do carro
IRRESPONSABILIDADE
Bebê de 1 aninho entra em coma alcoólico após pai dar cachaça com refrigerante
BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Confira agora os 5 passeios mais românticos de Bonito (MS)
EM ÁUDIO VAZADO
Em áudio, Onyx diz que governo deu 'uma trava na Petrobras', caminhoneiros podem ficar sossegados
EMOÇÃO E RECOMEÇO
Mãe e filho se reencontram em hospital após desabamento de prédios
ACIDENTE FATAL
Três morrem em explosão provocada por vazamento de botijão de gás
NOVA PARALISAÇÃO
Ala dividida de caminhoneiros falam em greve no próximo dia 29 em todo o Brasil