Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 11 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
COMERCIALIZAÇÕES

Exportações de MS crescem 51% e alcançam US$ 2,2 bi

15 Out 2010 - 07h27Por Diário MS

As exportações sul-mato-grossenses continuam em franca expansão. Conforme dados da Balança Comercial Brasileira, divulgados nesta semana pelo Ministério do Desenvolvimento, o volume de negócios de MS com o mercado internacional apresentou um crescimento de 51,3% nos primeiros nove meses de 2010, se comparado com o mesmo período de 2009.
De janeiro a setembro, o Estado já exportou US$ 2,219 bilhões. A média diária de exportações chega a US$ 8,2 milhões. No mesmo período do ano passado, o volume de comercializações com o mercado externo foi de R$ 1,466 bilhão.
Apenas em setembro, as exportações de MS evoluíram 71%, em relação ao mesmo período do ano passado. O Estado enviou para os compradores do exterior o equivalente a 295,5 milhões de dólares, valor que supera em 123 milhões de dólares o registrado no mesmo mês do ano passado.

MUNICÍPIOS
Entre os municípios, Três Lagoas manteve a liderança no ranking de exportações. Conforme dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, de janeiro a setembro deste ano, o município remeteu ao exterior US$ 507,4 milhões em mercadorias. O valor exportado pelo município é quase três vezes maior do que o total comercializado com o mercado internacional no mesmo período do ano passado. O crescimento das exportações de Três Lagoas tem sido puxado pela celulose, que é o principal produto exportado pelo município.
Ainda segundo os números do Ministério do Desenvolvimento, a segunda colocação no ranking de exportações no Estado é ocupada por Corumbá, que puxado pelas remessas de minério de ferro acumula no ano negócios de US$ 304,9 milhões com o mercado internacional.
Campo Grande aparece como o terceiro maior exportador, com um volume de exportações que supera os US$ 230,3 milhões. As exportações da capital estão baseadas especialmente na comercialização da carne bovina. Dourados ocupa agora a quarta colocação no ranking, com um volume acumulado de US$ 96,3 milhões. O montante é 16,3% maior do que os US$ 82,8 milhões exportados no mesmo período do ano passado. O quinto lugar do ranking é ocupado por Ponta Porã, com US$ 92,5 milhões, seguido de Naviraí, que já vendeu ao exterior US$ 81,2 milhões.

IMPORTAÇÕES
As importações feitas pelo Estado somaram US$ 329,8 milhões em setembro, o que significa um aumento de 67% em comparação aos US$ 197,2 milhões em produtos comprados de fora do país no mesmo período do ano passado. No ano, o volume de compras externas feitas por Mato Grosso do Sul acumulou 2,4 bilhões de dólares entre janeiro e setembro, com crescimento de 16% sobre o mesmo intervalo de tempo de 2009. Comparado ao resultado das exportações, o montante de importações indica um resultado negativo para a balança comercial de 200 milhões de dólares entre janeiro e setembro. Em Dourados, as importações acumulam um montante de US$ 18,3 milhões, o que representa 100% de crescimento. Entre os principais produtos adquiridos pelo município no mercado externo estão o cloreto de potássio, superfosfato e diidrogeno, que são utilizados para a produção de fertilizantes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TERROR
Ataque dentro da Catedral deixa ao menos cinco mortos em Campinas
REVIDE
Passageiro atropelado por motorista de aplicativo após vomitar em carro está em coma
A SERVIÇO DE DEUS
Angela Bismarchi festeja diploma para ser pastora: ‘Eu era pecadora e não sabia’
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz dá caixa com terra de cova de Gabriel para Valentina
INTOCÁVEL
PF pediu prisão domiciliar de Aécio, Cristiane Brasil e Paulinho da Força, mas PGR e STF não concede
DICA DO DIA
Como obter uma autorização de residência no Brasil
CENTRO ESPÍRITA
Médium é acusado de Abusos Sexuais em crianças
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau leva surra de chicote no bordel
COVARDIA
Mulher agride menino autista em playground e vídeo viraliza
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau descobre que Diana luta karatê e fica em choque