Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 19 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Explosão em Bagdá deixa quatro mortos e 24 feridos

17 Ago 2004 - 07h00
Ao menos quatro pessoas morreram e outras 24 ficaram feridas hoje em um ataque a bomba de insurgentes contra uma rua movimentada de Bagdá, informou o Ministério do Interior iraquiano.

A explosão destruiu cinco automóveis e danificou algumas fachadas de edifícios na capital iraquiana.

O Ministério do Interior havia informado anteriormente que a explosão teria sido causada por um carro-bomba.

"Achavámos que se tratava de um carro-bomba, pois um edifício foi muito danificado, mas os técnicos em balística concluíram que se tratava de um morteiro", declarou o coronel Adnane Abdel Rahmane.

O número de mortos e feridos é parcial, acrescentou o funcionário.

Os insurgentes aumentaram nos últimos dias os ataques com obuses contra a denominada "zona verde", a fortaleza que abriga a sede do governo interino iraquiano e as Embaixadas dos Estados Unidos e do Reino Unido.

Najaf

Em Najaf, no sul do Iraque, combates entre milicianos leais ao líder xiita Moqtada al Sadr e as tropas americanas e iraquianas foram reiniciados nesta manhã nas imediações do mausoléu do imã Ali, que fica no centro

A Conferência Nacional Iraquiana decidiu ontem enviar uma delegação a Najaf para pedir a Al Sadr que retire sua milícia da mesquita e que transforme seu movimento em um partido político.

"Devemos cooperar para convencer Al Sadr e nossos queridos irmãos do Exército de Mehdi para que transformem sua milícia em partido político, organização ou qualquer que seja sua denominação", afirmou o xeque Hussein al Sadr, um religioso xiita de Bagdá, parente de Moqtada, que apresentou a resolução para a Conferência Nacional, falando para cerca de 1.300 delegados que participavam do evento.

As forças rebeldes xiitas, leais ao clérigo, estão há mais de uma semana se enfrentando com as forças americanas e iraquianas no sul do país. O levante, iniciado depois de quase dois meses de trégua, está sendo considerado um dos maiores desafios do governo interino iraquiano.
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares