Menu
SADER_FULL
RIO_DOURADOS
Busca
SUCURI_MEGA
Brasil

Exército monta barreiras na fronteira do Estado

30 Ago 2004 - 07h00
O Exército está ajudando os fiscais da Agência Estadual de Vigilância Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), a fazer barreiras em toda a faixa de fronteira. A preocupação é com a entrada de gado paraguaio no Brasil.

Os técnicos querem impedir que a febre aftosa ataque os rebanhos de Mato Grosso do Sul. Foram montadas duas barreiras na cidade de Paranhos, uma em Coronel Sapucaia, Aral Moreira e Sete Quedas. A operação Boiadeiro IV conta ainda com o reforço da Polícia Militar.

De acordo com a assessoria de imprensa, o número do efetivo de homens vai depender do planejamento da Iagro, que deve ser repassado ainda nesta semana.

“Já apoiamos a fiscalização em anos anteriores e, a média é 150 homens”, explicou o major Marco Antonio de Freitas Coutinho, chefe da seção de comunicação social do CMO.

O Comando disponibiliza viaturas para os fiscais, além de montar barracas, fornecer água e gerador. “Também oferecemos o serviço de inteligência, que pode ajudar a apontar rotas clandestinas de tráfego de gado”, concluiu.
 
TV Sulamerica

Deixe seu Comentário

Leia Também

Acerto de Contas
Mulher é assassinada e companheiro é poupado pelos bandidos
Macabro
Filho que escondeu corpo de pai pode ser indiciado por três crimes
Novela
'Deus salve o rei': Catarina (Bruna Marquezine) mata Constantino
Novela Global
'Outro lado': Gael luta contra violência doméstica no fim
Monstro
Câmera flagra irmão à procura de menina que teria sido abusada por prefeito de Bariri
Perigo do Selfie
Três garotas caem de ponte de 20 metros ao tirarem fotos em Castelo
Campanha de filiações
Prisão de Lula faz disparar filiações ao PT
O Apocalipse
Arthur (Junno Andrade) fala na TV que Ricardo (Sergio Marone) ressuscitou em seu velório
BBB 18 - Vencedora
Veja a casa de Gleici, do'BBB 18': Sister teve o pai assassinado pelo tráfico e passou fome
Concurso Público
Polícia Federal publica autorização para promover concurso público com 500 vagas