Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 19 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Ex-prefeito de Rio Brilhante perde direitos políticos

8 Jul 2010 - 10h26Por Conjuntura Online

O ex-prefeito do município de Rio Brilhante, Paulo Ézio Cuel foi condenado por improbidade administrativa, resultado de Ação Civil Pública movida pela 1ª Promotoria de Justiça de Rio Brilhante.

A Promotora de Justiça, Paula da Silva Santos Volpe, que esteve à frente do caso, propôs a ação após constatar irregularidades na compra de materiais de construção sem processo licitatório.

Desde 2008 o inquérito tramitava no Tribunal de Justiça Mato Grosso do Sul e em junho deste ano foi proferida a sentença. Por conta da ação Paulo Cuel teve os direitos políticos suspensos pelo prazo de cinco anos e multa correspondente ao pagamento ao maior salário do executivo à época, com valores corrigidos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Após suborno e tentativa de estupro, Remy se entrega a polícia para deixar Luzia livre
REALITY SHOW
Perlla é eliminada de A Fazenda com 22,64% dos votos
RETA FINAL
'Segundo sol': Antes de ir para a cadeia, Luzia pede: 'Continuem procurando por Remy! Ele está vivo!
CASO LETICIA
Adolescente morta a facadas contou a amigos que pai estuprou a tia na sua frente:'Tinha quatro anos'
MOTIVO FUTIL
Camera ajuda na indentificação de Homem que confessa ter matado mulher após falhar na "Hora H"
A CASA CAIU
Rapaz é agredido pelas sete namoradas que descobriram traição
SEGUNDO SOL
Beto confronta Karola: 'Você roubou a vida de outra mulher'
DEFICITÁRIAS
Correios fecham 02 agências no MS e 39 no país
VICENTINA - LEILÃO ELETRÔNICO
Justiça realizará leilão eletrônico de imóveis urbanos e trator de VICENTINA
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Conclusão do Comperj deve gerar 8 mil vagas em 2019