Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 21 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Ex-prefeito de Coronel Sapucaia vai a julgamento por assassinato

10 Ago 2007 - 05h50

O ex-prefeito de Coronel Sapucaia, Eurico Mariano, vai a julgamento nesta sexta-feira (10), sob a acusação de ser o mandante do assassinato do radialista Samuel Roman. Ele foi morto a tiros quando chegava em casa, em Coronel Sapucaia, por dois homens em uma motocicleta, no dia 20 de abril de 2004. A sessão de julgamento está marcado para começar às 8 horas,no Tribunal do Júri, anexo ao Fórum de Amambai,

O julgamento de Eurico Mariano já foi adiado por duas vezes. A primeira, no dia 12 de abril, foi a pedido da Promotoria, e a segunda, no dia 1º de junho por solicitação do juiz titular da 1ª Vara de Amambai, César de Souza Limão. Na época, o magistrado disse que seria necessária a ‘degravação’ de uma fita que aponta o ex-prefeito como mandante do crime.

Além de Eurico Mariano, outras dez pessoas foram acusadas de envolvimento no assassinato. Dos acusados, Eurico Mariano é o único que não está foragido. Outros três foram assassinados na fronteira.

 

TV Morena

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos