Menu
SADER_FULL
sexta, 14 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Eurico Miranda condenado a 18 meses de prisão

15 Jul 2004 - 07h39
O presidente do Vasco da Gama, Eurico Miranda, foi condenado, nesta quarta-feira, a um ano e meio de prisão por se negar a entregar documentos do clube a uma comissão do Congresso que há quatro anos investigou atos de corrupção no futebol brasileiro.

A sentença foi ditada pela juíza Valéria Caldi Magalhães, mas por se tratar de uma decisão em primeira instância poderá ser apelada por Eurico Miranda, que é suspeito de ter construído uma fortuna com negócios de legalidade duvidosa feitos através do clube.

Miranda, que na época da investigação tinha imunidade parlamentar por sua condição de deputado federal, não deu a menor importância à decisão da juíza.

"Não fui informado oficialmente e, claro, vou apelar dessa sentença", declarou Eurico Miranda em Porto Alegre, onde se encontrava em uma visita de negócios.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA - WHATSAPP
Administradora de grupo no WhatsApp, foi “condenada” á pagar 3 mil por discussão de membros
DICAS DE SERVIÇO DE HOSPEDAGEM NA WEB
Vai criar um blog ou um site?, saiba aqui tudo sobre o serviço de hospedagem
ALERTA NA NET
Golpe no WhatsApp engana usuários ao prometer brindes falsos de Natal
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz passa mal ao abraçar e beijar a mãe pela primeira vez
FURACÃO
Atlético-PR ganha nos penaltis e é campeão da Sul-Americana
PROVAS ROBUSTAS
PF apreende R$ 2 milhões em busca em endereços de Aécio e aliados de Temer
INCREDIBILIDADE
Um Governo ficha-suja: mais da metade dos ministros estão enrolados
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Aranha descobre marca de pata de gato de Gabriel, tira foto e conta aos guardiã
SUSTO
Celular pega fogo no bolso da calça e deixa homem com queimaduras na perna e mãos
PROCURADO
Com prisão decretada desde setembro, Dado Dolabella é considerado foragido da Justiça