Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 20 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Eucaliptos afetam equilíbrio ambiental junto aos rios

15 Out 2004 - 10h09
Um cientista da Universidade de Coimbra alertou hoje que a monocultura de eucaliptos é negativa para a densidade e diversidade de pequenos seres vivos nos cursos d'água, reduzindo a capacidade de decomposição da matéria orgânica vegetal.

Segundo Manuel Augusto Graça, alguns parâmetros relacionados com a decomposição de detritos vegetais, principalmente folhas de árvores, "são afetados por perturbações" como as plantações de eucaliptos e a poluição orgânica dos rios.

O especialista salientou que as taxas de decomposição "podem ser um indicador funcional de alterações de qualidade do ambiente".

"Os nutrientes contidos nas folhas e outros detritos vegetais são reciclados pela ação conjunta de microrganismos", disse.

"As zonas dos rios onde este material orgânico se acumula têm uma maior densidade e diversidade de invertebrados aquáticos", cuja atividade contribui para a sua decomposição.

No entanto, como salientou o especialista, as taxas de decomposição, que resultam da ação conjunta de fungos e invertebrados e "são sensíveis à diversidade das comunidades", poderão ser prejudicadas pela existência nas margens de monoculturas de eucaliptos e pela poluição orgânica.

Helena de Freitas, presidente da SPECO (Sociedade Portuguesa de Ecologia), disse que a plantação intercalada de carvalhos e outras árvores seria uma forma de reduzir o impacto negativo dos eucaliptos no equilíbrio ambiental junto aos rios.

Freitas defendeu que essa orientação "deveria ser seguida no reflorestamento" de áreas destruídas pelos incêndios e na "recuperação de alguns sistemas ribeirinhos".

Helena Freitas vai preconizar essa solução na Comissão Nacional de Reflorestamento, criada recentemente, a qual integra como botânica e ambientalista.

 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS